Transformações Contemporâneas do Campo Acadêmico-científico da Educação Física no Brasil: Novos Habitus, Modus Operandi e Objetos de Disputa

Por: , e Fernando Marcarenhas.

Movimento - v.20 - 2014

Send to Kindle


Resumo

O campo da Educação Física no Brasil é relativamente recente no processo de incorporação sistemática da prática científica em seu cotidiano. Na primeira década do século XXI, ele se expande, se diversifica e se dinamiza, consolidando-se como campo acadêmico-científico com maior autonomia. Tal processo é amplo e complexo, demarcando um espaço social e forjando um habitus próprio, com a luta entre agentes e instituições em torno de capital específico e de novos objetos em disputa. Esse ensaio busca analisar esse movimento a partir do referencial teórico de Bourdieu. O poder instituído no campo e as lutas dos agentes para mantê-lo ou modificá-lo expressam-se na disputa pela construção dos conceitos e de suas representações na constituição de dois modus operandi, os quais representam uma forma de ver o próprio campo e a sua disputa para legitimá-lo, assim como na formação das novas gerações de agentes, estruturando formas de vê-lo. Neste contexto, observa-se que o modus operandi que tem impulsionado o desenvolvimento acadêmico-científico da Educação Física tem implicado no seu relativo afastamento dos debates pedagógicos.

Endereço: http://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/48280

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.