Treinamento Aeróbio em Intensidade Leve à Moderada Altera Positivamente o Perfil Metabólico e Substratos Teciduais em Ratos Alimentados com Dieta Hiperlipídica

Por: Celso Massaschi Inouye, Christianne de Faria Coelho-ravagnani, , Fabrício Cesar de Paula Ravagnani, Luiz Fabrizio Stoppiglia e Mariana de Oliveira.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.21 - n.1 - 2013

Send to Kindle


Resumo

RESUMO: O presente estudo verificou os efeitos do treinamento aeróbio em intensidade leve à moderada sobre o perfil metabólico e substratos teciduais de ratos alimentados com dieta hiperlipídica. Dezenove ratos Wistar machos foram alimentados com dieta chocolate durante 2 meses após o desmame e separados em 2 grupos: Exercício Chocolate (EC) (n=9) e Sedentário Chocolate (SC) (n=10). O treinamento consistiu de natação (8 semanas, 5dias/semana, 1h/dia, sobrecarga equivalente a 2% do peso corporal). Ao final do experimento, os ratos foram eutanasiados para a determinação das concentrações séricas de glicose, AGL, triglicerídeos, colesterol total, HDL e LDL; nos tecidos muscular e hepático foram mensurados os conteúdos de glicogênio e triglicerídeos. O treinamento reduziu os triglicerídeos séricos e hepáticos bem como o ganho de peso corporal; ainda, aumentou o conteúdo de triglicerídeos musculares. Concluímos que o treinamento aeróbio em intensidade leve à moderada alterou positivamente o perfil metabólico e os substratos teciduais dos ratos alimentados com dieta hiperlipídica.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/3441

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.