Treinamento Aeróbio ou de Força: Qual a Melhor Estratégia Para a Aptidão Funcional de Idosas?

Por: André dos Santos Costa, Diógenes Mariano Ferreira da Silva, Jhonnatan Vasconcelos Pereira dos Santos, Mariano Ferreira da Silva, Marisa Moreira Braga, Miguel do Nascimento Reis, Pietro Demetriuscavalcanti e Vinicius de Oliveira Damasceno.

Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte - v.15 - n.2 - 2016

Send to Kindle


Resumo

O estudo avaliou a influência do Treinamento Aeróbio (TrA) e de Treinamento de Força (TrF) sobre as capacidades físicas e o índice de aptidão funcional geral (IAFG) entre idosas. A amostra foi composta por 28 idosas (64,61±2,54 anos), divididas em dois grupos (TrA, n=13; TrF, n=15), acompanhadas por 12 semanas (3x por semana; sessão de 55 minutos), e utilizou-se bateria de desempenho funcional AAHPERD (American Alliance for Health, Physical, Education, Recreation and Dance). Foram observadas diferenças significativas apenas para Agilidade (22,9s±8,77s vs. 15,0s± 4,62s) e no IAFG (258,38±8,45 vs. 353,69±70,26) para o grupo TrF e entre os grupos pós-intervenção no IAFG (TrF, 353,69±70,26 vs.TrA, 282,94± 84,91). Conclui-se que o TrF se mostrou mais eficiente em melhorar a agilidade e a aptidão funcional geral de idosas.

Endereço: http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/remef/article/view/11476/7135

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.