Treinamento com Jogos no Futebol : Estudos das Emergências Técnicas e Táticas Advindas dos Constrangimentos Provocados Pela Alteração na Dimensão do Campo a Partir de Matrizes de Jogos Conceituais

Por: Eliel Calazans Ferreira.

2014 14/11/2014

Send to Kindle


Resumo

O treinamento com jogos tem sido implantado no futebol em todas as idades e níveis de jogo (profissional e amador). Esta estratégia de treino permite desenvolver os aspectos físicos, técnicos, táticos e emocionais de maneira concomitante. Assim, o objetivo deste estudo consistiu em investigar a influência da dimensão do campo, número de jogadores e o efeito das regras na emergência das ações técnicas (passe, domínio, condução, finalização, desarme e interceptação) e indicadores táticos (centro de jogo, ângulo do passe, igualdade numérica, superioridade ofensiva e defensiva) em três diferentes formatos de jogos. Para tanto, quatorze jogadores de futebol pertencente à categoria sub-20 (altura: 174.04 ± 6.93 cm, massa corporal: 66.58 ± 7.75 kg, percentual de gordura: 10.90 ± 2.90% e VO2max: 49.73 ± 5.03 ml.kg-1.min-1) participaram de três formatos de jogos: 3vs3+Gs (27 x 18 m), 6vs6+Gs (52 x 32 m) e 10vs10+Gs (105 x 64 m) em duas condições (Jogo Controle e Jogo de Manutenção). Os jogos foram filmados por até quatro câmeras de vídeos digitais. Posteriormente, as sequências de imagens foram analisadas no software Dvideo, no qual permitiu obter a posição de todos os jogadores em função do tempo e o registro das ações técnicas ocorridas. No primeiro estudo, foram comparadas as duas condições de jogos, nos formatos 3vs3+Gs e 6vs6+Gs, para verificar o efeito das regras na emergência das ações técnicas ofensivas e defensivas. Os resultados evidenciaram que os jogos de manutenção estimulam mais as ações de passe, domínio, interceptação e passes em manutenção. Contrariamente, os jogos controles estimulam mais ações de condução, finalização e passes em progressão. No segundo estudo, foram comparados os formatos de jogos 3vs3+Gs, 6vs6+Gs e 10vs10+Gs para verificar a influência da dimensão do campo e número de jogadores na manifestação das ações técnicas e nos indicadores táticos. Os resultados mostram que os jogos menores proporcionam maior carga técnica e mais situações de superioridade ofensiva. Por outro lado, os jogos maiores observam baixa carga técnica e mais situações de superioridade defensiva. Pode se concluir com o presente estudo que as regras, dimensão do campo e o número de jogadores modificam a manifestação das ações técnicas e indicadores táticos. Estas informações são importantes para os treinadores construir e organizar os jogos em acordo com os planos de ensino e objetivos pedagógicos. 

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=000940801&opt=1

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.