Treinamento Concomitante Afeta o Ganho de Força, Mas Não a Hipertrofia Muscular e o Desempenho de Endurance

Por: Clodoaldo Antônio de Sá, Fátima Bisutti, Marzo Edir da Silva Grigoletto e Vanessa da Silva Corralo.

Revista da Educação Física - UEM - v.24 - n.3 - 2013

Send to Kindle


Resumo


O presente estudo teve por objetivo avaliar osefeitos do treinamento concomitante sobre a força, a hipertrofia muscular e VO2máxde indivíduos do sexo masculino. Para tanto, 22 voluntários concluíram oestudo: sete realizaram o Treinamento de Endurance (TE), oito, Treinamento deForça (TF) e sete Treinamento Concomitante (TC). Todos os grupos apresentaramaumentos (p < 0,05) na força para 1-RM e na área de secção transversal dovasto lateral da coxa (ASTVL) do pré para o pós-teste embora, no grupo TE essavariação tenha sido inferior a 10%. O VO2máx e o tempo de testeaumentaram (p > 0,05) de forma semelhante após as 12 semanas de treinamento nosgrupos de TE e TC. No presente estudo, o TC produziu aumentos na força e nacapacidade aeróbica de modo semelhante aos treinamentos de força e endurancerealizados separadamente. No entanto, o ganho de força foi afetadonegativamente no TC.
 

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/20512

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.