Treinamento de Ciclismo e Estimulação Elétrica Funcional Para Pacientes Pós Acidente Vascular Cerebral

Por: Ardalan Shariat, Brandon S. Shaw, Ina Shaw, noureddin Nakhostin Ansari e Ramin Kordi.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.23 - n.4 - 2017

Send to Kindle


Resumo

Introdução: Acidente vascular Cerebral é uma das principais causas de morbidade e mortalidade em adultos ao redor do mundo. A prevalência de AVC em países em desenvolvimento, como África do Sul e Irã, tem aumentado principalmente na população cada vez mais jovem. No Irã, a incidência anual de AVC varia de 23 a 103 em cada 100000 habitantes, com aumento da taxa entre 15-45 anos. Problematicamente, quase 50% dos pacientes que sofreram AVC tem dificuldade de praticar atividades cotidianas, por isso a importância da reabilitação funcional. Esses fatores exigem a necessidade de soluções econômicas nos países em desenvolvimento, onde há pesquisas insuficientes que focam em soluções práticas para o tratamento/reabilitação. Objetivo: nossa hipótese é que o treinamento ciclístico progressivo pode ativar regiões corticais e a resposta da velocidade do ciclismo levaria a ativação corticais adicionais e melhorias resultantes no desempenho do ciclismo, treinamento combinado de ciclismo e estimulação elétrica funcional resultariam em melhorias superiores no desempenho do ciclismo, na capacidade aeróbica e no desempenho funcional em pacientes pós-AVC. Conclusão: Por fim, nós esperamos que essa hipótese providencie uma estrutura útil para facilitar a pesquisa em treinamento combinado de ciclismo e reabilitação em estimulação elétrica funcional em pacientes pós-AVC. Nível de Evidência V; Opinião do especialista.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1517-86922018000400300&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.