Send to Kindle


Resumo

A rotina de trabalho de um atleta profissional está dividida entre treinamento intenso, exercícios exaustivos e as competições. Um desequilíbrio, causado pelo excesso de alguma destas atividades, pode provocar uma queda no sistema imunológico do organismo, aumentando a susceptibilidade a contrair infecções. As infecções são freqüentemente associadas com a redução no desempenho dos atletas e podem causar conseqüências permanentes ou letais aos desportistas. A proposta deste trabalho, através de revisão da literatura, buscou contextualizar os efeitos do treinamento físico nas diversas estratégias celulares de defesa do organismo humano, contra processos mediados por espécies ativas de oxigênio. Enzimas sendo espécies captadoras e estabilizadoras de radicais livres, por exemplo, as enzimas catalase, superóxido dismutase e glutationa peroxidase, tem a função de mantera concentração de 02e H202 doorganismo. Todavia, foram observados em recentes estudos, que o treinamento físico intenso causa alterações nas concentrações enzimáticas. Comparando os valores detectados em indivíduos normais aos dos atletas profissionais, fica evidente a existência desta alteração, que justifica a maior parte das patologias esportivas.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.