Treinamento Funcional: Funcional Para Que e Para Quem?

Por: Ciro Jose Brito, Juan Ramon Heredia e Marzo Edir da Silva Grigoletto.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.16 - n.6 - 2014

Send to Kindle


Resumo

A prescrição de programas de condicionamento neuromuscular voltados ao desenvolvimento e manutenção das atividades da vida diária (AVD’s) tem-se baseado na funcionalidade. A proposta de treinamento funcional carece de maior discussão acadêmica. O presente texto apresenta visão crítica sobre o treinamento funcional, as premissas, características e definições. A mera seleção de exercícios não torna um treinamento funcional, assim como não existem exercícios que possuam maior ou menor funcionalidade. Para um treinamento ser funcional, deve-se controlar e manipular as variáveis para que a prescrição contenha a dose adequada de exercício que o indivíduo deve realizar na unidade de treinamento. Ademais, um treinamento bem planejado e objetivo não depende de um nome, método, sistema, programa, exercício ou material. 

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2014v16n6p714

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.