Treinamento Intervalado é Insuficiente Para Atenuar Distúrbios Metabólicos em Ratos Diabéticos

Por: Everson Araújo Nunes, Graciela Delia Venera e Ricelli Endrigo Ruppel da Rocha.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.22 - n.5 - 2016

Send to Kindle


Resumo

O diabetes tipo 1 é uma doença metabólica associada a alterações sanguíneas e distúrbios da funcionalidade do sistema imunológico inato. Objetivo: Este estudo investigou os efeitos de duas semanas de treinamento intervalado sobre a bioquímica sanguínea e os parâmetros imunológicos em ratos com diabetes tipo 1. Métodos: Ratos Wistar machos foram divididos em três grupos: sedentário (SE, n = 10), sedentário diabético (SD, n = 10), treinado diabético ( TD, n = 10). O diabetes foi induzido por uma injeção IV de estreptozotocina (45 mg/kg). O treinamento intervalado de natação consistiu em 30 segundos de exercício, com 30 segundos de recuperação, por 30 min., três vezes por semana, durante duas semanas, com sobrecarga de 15% da massa corporal total. Foram avaliados: glicemia de jejum, triglicerídeos, frações de lipoproteínas de muito baixa densidade, baixa densidade e alta densidade do colesterol, concentrações do colesterol total, capacidade fagocítica, conteúdo de vesículas catiônicas, produção de ânion superóxido e produção de peróxido de hidrogênio pelos neutrófilos sanguíneos e macrófagos peritoneais.

Endereço: http://www.scielo.br/pdf/rbme/v22n5/1517-8692-rbme-22-05-00393.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.