Três Tipos de Jogadoras Transnacionais: Diferenciando Projetos de Mobilidade de Futebolistas Mulheres em Países Centrais e em Desenvolvimento

Por: Nina Clara Tiesler.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.38 - n.2 - 2016

Send to Kindle


Resumo

A mobilidade internacional de jogadores de futebol se caracteriza, geralmente, pelo deslocamento de profissionais de alto nível para países diferentes daquele em que cresceram e iniciaram carreira. São descritos, comumente, como migrantes ou expatriados. Em estágio muito menos avançado de profissionalização, a mobilidade entre jogadoras acontece diferentemente. Ao descrever casos do Brasil, na Guiné Equatorial, no México, na Colômbia e em Portugal, o artigo procura desenvolver uma categoria conceitual capaz de abarcar o deslocamento que configura uma jogadora transnacional, cuja experiência se dá diferentes países e contextos socioeconômicos. Introduz ainda duas novas subcategorias, para além da “expatriada”: jogadoras em diáspora e novas cidadãs.

Endereço: http://www.rbceonline.org.br/pt/three-types-transnational-players-differing/articulo-resumen/S0101328916000536/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.