Troca Velocidade-acurácia em Tarefa de Contornar Figuras Geométricas

Por: Bianca Drabovski, Danielle Brandalize, Iverson Ladewig, Natalia Kopp Okazaki e .

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.33 - n.1 - 2011

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo analisou o paradigma da relação inversa velocidade-acurácia, através da lei de Fitts, em tarefas de contornar figuras geométricas. Um software especialmente desenvolvido permitiu manipular a forma (quadrado, triângulo e diamante) e o tamanho da figura (perímetro e número de voltas para contorná-la), e a espessura da linha, fornecendo índices de dificuldade (ID) entre 2,32 e 8,46 bits. Foi verificada a robustez da lei de Fitts na tarefa de contornar figuras geométricas. Ademais, foi sugerido que, em análises que contemplem o número de repetição da tarefa (por exemplo: com movimentos discretos e cíclicos), o índice de dificuldade pode ser calculado a partir do número de tentativas, apresentando uma relação TM x ID exponencial ao invés de linear.

Endereço: http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/688

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.