Um Estudo Sobre Segurança em Estádios de Futebol Baseado na Análise Bibliométrica da Literatura Internacional

Por: Giovanni Cardoso Pacheco, Leonardo Ensslin e Sandra Rolim Ensslin.

Perspectivas em Ciência da Informação - v.17 - n.2 - 2012

Send to Kindle


Resumo

No Brasil e em diversos países do mundo, o futebol, mais do que competição ou profissão, se constitui em uma atividade lúdica, de festa e entretenimento. No futebol, diferentemente do que ocorre em outras manifestações culturais, a participação das pessoas está impregnada de paixão, que, se por um lado faz o espetáculo ainda mais grandioso, quando canalizada para expressar alegria, pode, ainda, causar violência e destruição. Atualmente, o aumento da violência em estádios de futebol tem gerado significativa preocupação às autoridades, em especial às forças policiais, envolvidas em empreender ações no sentido de reduzir os riscos; porém o processo carece de cientificidade. O objetivo deste artigo de natureza exploratória-descritiva é construir nos pesquisadores, o conhecimento acerca do tema, por meio da Análise Bibliométrica da literatura internacional, utilizando o processo Knowledge Development Process – Constructivist (ProKnow-C). Para tal foram pesquisados artigos publicados entre 2001 e 2010 em periódicos científicos disponíveis no portal da CAPES. Os 14 artigos com reconhecimento científico, alinhados com a visão dos pesquisadores sobre o tema “Gestão de Riscos em Estádios de Futebol, que compõem o Portfólio Bibliográfico foram analisados com o propósito de identificar: os periódicos, artigos, autores e palavraschave de destaque. Conclui-se que o processo utilizado propiciou aos pesquisadores o conhecimento do estado da arte sobre o tema, oportunizando a continuidade das pesquisas.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362012000200006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.