Um Modelo Para a Gestão de Informações do Esporte de Alto Rendimento no Brasil

Por: Alan de Carvalho Dias Ferreira.

512 páginas. 2018 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Pesquisas em várias partes do mundo vêm sendo realizadas para compreender os fatores que interferem no sucesso internacional do Esporte de Alto Rendimento (EAR). Neste contexto, a Gestão da Informação (GI) torna-se estratégica para que as organizações do esporte possam usufruir dos dados e dos processos que envolvem o sucesso na gestão esportiva. Contudo, pouco foi desenvolvido para estabelecer modelos de gestão de informações que monitorem continuamente a situação do EAR brasileiro. Diante disso, o objetivo deste estudo é construir um modelo para a gestão de informações do EAR no Brasil. Por meio de um misto de métodos, o estudo foi constituído por quatro fases: (1) levantamento e análise dos métodos de sistematização de informações do esporte- para identificar os elementos fundamentais para o sucesso esportivo e para revisar os métodos de sistematização de informações do EAR; (2) estudo piloto – para desenvolver o método de coleta, catalogação e sistematização das informações do EAR no Brasil; (3) construção do modelo de gestão de informações do EAR utilizando um modelo entidaderelacionamento (MER) para gestão informatizada dos dados; (4) validação do modelo de gestão, por meio do julgamento de um comitê de especialistas. Os resultados revelaram que em 29 nações já foram desenvolvidos estudos para sistematizar informações do esporte e conhecer os elementos que interferem no sucesso do EAR. O estudo do escopo desses elementos resultou na seleção de dez dimensões para coleta e catalogação de informações do EAR brasileiro em um Banco de Dados (BD) MySQL, modelado com o objetivo de permitir a articulação entre as dimensões Com a eliminação das redundâncias e a construção do MER, a padronização e categorização dos termos permitiram a construção de um modelo de gestão de informações do EAR que possibilita a atualização continuada das dimensões e informações mapeadas, composto por oito dimensões: Recursos Financeiros; Infraestrutura Esportiva; Equipamentos e Materiais Esportivos; Entidades e Governança; Atletas e Profissionais do Esporte; Eventos e Resultados Esportivos; Ciência e Tecnologia; Legislação. O modelo utiliza os princípios do Business Intelligence (BI) e um banco de dados que pode ser continuamente adaptado a fatores, contextos e a esportes diferentes. É um repositório digital de informações composto por 75 tabelas divididas em nove conjuntos que são articulados por meio de 185 relacionamentos, permitindo realizar análises, produzir relatórios e indicadores de forma intra ou interdimensional e uni ou multiesporte. Este modelo permite cruzamentos e apresentação de respostas simultâneas a partir de informações de atletas, de entidades, de esportes, suas provas e de dados que envolvem o financiamento, a infraestrutura e demais dimensões. Concluiu-se que este estudo inova ao utilizar os fatores de sucesso para estabelecer um modelo informatizado de gestão de informações do EAR, que pode ser implementado em um país ou em uma entidade. Ao inserir a inteligência de negócios na gestão esportiva, o trabalho concede as informações mais importantes para a tomada de decisão de gestores, podendo qualificar as políticas e contribuir para uma comunicação eficiente entre as diferentes entidades ligadas ao esporte. 

Endereço: https://lume.ufrgs.br/handle/10183/180547

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.