Um Resumo do Estado da Arte Acerca da Síndrome Metabólica. Conceito, Operacionalização, Estratégias de Análise Estatística e Sua Associação a Níveis Distintos de Actividade Física

Por: André Seabra, Joana Leal, José Maia, Michele Souza, Raquel Chaves e Rui Garganta.

Revista Portuguesa de Ciências do Desporto - v.9 - n.3 - 2009

Send to Kindle


Resumo

A Síndrome Metabólica (SM) resulta de um agrupamento de um conjunto de factores de risco cardiovascular. É uma enfermidade particularmente importante, que tem preocupado a comunidade médica e científica a nível mundial uma vez a sua prevalência está a aumentar gradualmente, tanto em adultos como em crian-ças, e está fortemente associada ao aumento do risco de desen- volvimento de doenças cardiovasculares e mortalidade. Não existe ainda uma definição consensual sobre a SM, valores de corte para cada um dos indicadores e estratégias de análise estatística. Além disso, apesar de ser do conhecimento geral que a actividade física e o exercício físico têm um papel muito benéfico na prevenção e tratamento da SM, ainda não é clara a dose-resposta ideal. É objectivo do presente estudo fazer uma revisão sumária sobre os critérios de definição da SM assim como esclarecer e clarificar as várias possibilidades de análise estatística e os seus impactos nos resultados obtidos utilizando diferentes abordagens.Conjuntamente pretende-se perceber qual a relação de diferen-tes níveis de (in)actividade física na manifestação da SM.

Endereço: http://www.fade.up.pt/rpcd/_arquivo/artigos_soltos/vol.9_nr.2-3/3.1.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2014 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.