Uma Leitura Sociocultural do Futebol Brasileiro

Por: .

Sociedade e Estado - v.24 - n.2 - 2009

Send to Kindle


Resumo

PERDIGÃO, Paulo. Anatomia de uma derrota. São Paulo: L&PM, 1986.

Apenas três pessoas, com um único gesto, calaram o Maracanã com 200.000 pessoas: Frank Sinatra, o papa João Paulo II e eu. (Alcides E. Gigghia) O objetivo de Anatomia de uma derrota foi analisar o impacto social, cultural e simbólico da derrota da seleção brasileira de futebol para a seleção uruguaia na partida final da Copa do Mundo de 1950, realizada no Brasil. A obra interesssou-me pela originalidade da abordagem, pela profundidade analítica, pelas reflexões teóricoconceituais, pelo método de coleta de dados e pela significativa contribuição para a produção de outros trabalhos na mesma linha de reflexão. Segundo Perdigão, essa derrota teve, para os brasileiros, uma importância

Endereço: http://periodicos.unb.br/index.php/estado/article/view/3148/2745

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.