Utilização de Avaliações da Aptidão Física Relacionadas à Saúde Por Professores de Uma Cidade da Região do Pampa

Por: Antônio Evanhoé Pereira de Souza Sobrinho, Leticia Silveira Cardoso, Marcelo Clarete Seracini Penner, Marta Regina Cezar Vaz e Rodrigo de Azambuja Guterres.

Conexões - v.12 - n.4 - 2014

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi analisar quais as avaliações da ApFRS são realizadas por professores de educação física no âmbito escolar. Tem caráter exploratório-descritivo, realizado com 18 professores de educação física lotados em 09 escolas de ensino médio de Bagé/RS. Houve menção de 05 valências físicas que são avaliadas com fundamentação científica, realizadas por 12(66,66%) dos 18(100%) professores de educação física investigados. Havendo a exclusão de 6(33,33%) entrevistas por não apresentarem nenhum teste ou avaliação com sustentação teórica. A valência física mais referida foi a da Resistência Aeróbica 08(66,66%), avaliações de Força e Endurance Muscular com 06(50%), teste de flexibilidade 04(33,33%) e avaliação da composição corporal 01(8,32%). Concluímos que a educação física escolar carece de uma maior preocupação com as avaliações das ApFRS dos alunos, e existe pouca exploração das avaliações no cotidiano escolar.

Endereço: http://conexoes.fef.unicamp.br/ojs/index.php/fef/article/view/1214

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.