Utilização da Distância Total Percorrida no Teste Específico de Hoff Como Preditor da Velocidade de Limiar Anaeróbio no Futebol

Por: Alessandro Moura Zagatto, Marcelo Papoti, Raphael Luiz Sakugawa e Willian Eiji Miyagi.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.19 - n.4 - 2013

Send to Kindle


Resumo

OBJETIVO: Verificar a utilização da distância total percorrida no teste de Hoff como preditor da intensidade de limiar anaeróbio em jovens futebolistas. 
MÉTODOS: Para isso, 10 jovens jogadores de futebol (idade de 17 ± 1 ano e massa corporal de 64,3 ± 2,1 kg) participaram do estudo. Os sujeitos foram submetidos aos testes de 12 minutos, lactato mínimo para estimar a velocidade de limiar anaeróbio (vLAn) e ao teste de Hoff específico para o de futebol. O objetivo no teste de Hoff foi percorrer a máxima distância possível em 10 minutos de exercício conduzindo a bola de futebol em um circuito composto por dribles, saltos e corridas em direções diversas. 
RESULTADOS: A distância total percorrida no teste de 12 minutos foi 2.673,2 ± 64,7 m, a vLAn 11,6 ± 0,3 km.h-1e a distância percorrida no Hoff 1.458,7 ± 49,6 m. A distância total percorrida no teste de Hoff não foi significativamente correlacionada com a vLAn (r = –0,20; P < 0,05) e com a distância percorrida no teste de 12 minutos (r = –0,15; P < 0,05). No entanto, a vLAn e a velocidade correspondente a 90% da velocidade média no teste de 12 minutos (12,0 ± 0,3 km.h-1) não foram diferentes significativamente e foram significativamente correlacionadas (r = 0,65; P < 0,05). 
CONCLUSÃO: Assim, pode-se concluir que a distância total percorrida no teste de Hoff não pode ser utilizada para predição da velocidade de limiar anaeróbia em futebolistas.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922013000400008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.