Utilização de Substratos Energéticos Após Exercício Agudo de Ratos Treinados Aerobiamente Por Natação

Por: Andrei Guilherme Lopes, Carla Cristiane Silva, Débora Reis Garcia, Eliete Luciano, Fúlvia de Barros Manchado, José Alexandre Curiacos de Almeida Leme, Marcio Sussumu Hirayama, Pedro Renato Zaros, Rafael Fernando Silveira e Sandra Alves de Godoy.

Motriz - v.13 - n.1 - 2007

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo objetivou analisar o efeito do treinamento aeróbio na utilização de substratos energéticos de ratos após sessão de exercício agudo. Ratos Wistar foram distribuídos nos grupos: controle e treinado. O treinamento consistiu em 4 semanas de natação, sendo 5 sessões semanais de 1 hora, com sobrecarga de 5% do peso corporal. Após esse período, os grupos foram submetidos à uma hora de natação sem carga e posteriormente sacrificados. Foram coletadas amostras sanguíneas para determinação de glicose, proteína, ácidos graxos livres (AGL) além de amostras do fígado e gastrocnêmico para análise do glicogênio. Observou-se que o treinamento não alterou as concentrações de proteína sérica, glicose sérica e glicogênio muscular após exercício agudo. Os animais submetidos ao treinamento apresentaram maiores valores de glicogênio hepático e menor concentração sérica de AGL. Conclui-se que o treinamento físico altera os padrões de mobilização de substratos após exercício agudo.
 

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/574

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.