Utilização da Técnica Expressão Corporal no Processo de Integração Social em Crianças com Síndrome de Down

Por: Ana Manoela Cerimele, Cleusa Maria Schneider e Débora Slomp.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

As pessoas com necessidades educativas especiais são parte de uma realidade que compromete, dentro do marco de transição social e educativo, priorizaras ações que tendam melhorar a educação, favorecendo um encontro onde se possa desenvolver autonomia e independências. Para melhorar o desenvolvimento de habilidades motoras e sensoriais das crianças com Síndrome de Down, da ADESD - Associação de Deficientes Educáveis e com Síndrome de Down - a Universidade de Joinville, através do Departamento de Educação Física, propôs projeto enfatizando a Expressão Corporal com técnica pedagógica criando um ambiente de aprendizagem onde se desenvolvem atividades que permitem ao grupo ser protagonista ativo, interatuando, compreendendo e criando atividades de seu interesse. Conhecendo e manejando esta realidade contribuímos para o desmoronamento de muitas barreiras criadas por mitos que obstacularizam a integração destes com o mundo em que vivemos. Concluímos, ainda, que a aplicação desta proposta, em andamento, contribuiu para a expansão e aprimoramento da expressividade e principalmente maior desenvoltura sensório-motora e domínio emocional.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.