Validação e Aplicação de Um Protocolo do Nível de Conhecimento Tático Declarativo no Handebol 

Por: Iberê Caldas Souza Leão.

181 páginas. 2015 08/05/2015

Send to Kindle


Resumo

Protocolos têm sido construídos com a finalidade de avaliar as performances de atletas de Handebol. Objetivou-se validar um protocolo do nível de conhecimento tático declarativo (CTD) desses atletas. Por meio de um estudo explicativo, inferencial e transversal, com amostras por conveniência, 06 peritos analisaram 60 (sessenta) cenas de vídeo dessa modalidade utilizando o método de validade de conteúdo. Foram utilizados os Coeficientes de Kappa (concordância intra-perito), Validade de Conteúdo (CVC≥0,80) e Concordância Entre Observadores (CEO≥80%). Como também para as análises descritivas foram utilizadas a distribuição de probabilidades (análise percentual), média e mediana; desvio padrão e erro padrão. Para as inferenciais foram empregados os testes de Komogorov Smirnov e Bartlet, ANOVA, teste t pareado, exato de Fischer e o qui quadrado (p≤0,05). Os dados foram gerados no pacote estatístico SPSS for Windows – versão 17.0 - 2010. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em pesquisas com seres humanos da Universidade Federal de Pernambuco (Nº 94.896 de 14/08/2012), normativa 466/2012. O trabalho foi realizado no período de março de 2012 a maio de 2015. Foram concordadas e validadas 11 (onze) cenas de vídeo e, para a validação do protocolo, 32 (trinta e duas) atletas de Handebol de alto nível foram testadas em dois momentos (p≤0,09). Neste sentido, o protocolo é um instrumento fidedigno para o que se destina. Concluímos que o teste construído é válido para análise do nível de CTD (percepção e tomada de decisão) em atletas de Handebol.

Endereço: http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16249

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.