Validação de Procedimentos Antropométricos Para Estimar a Densidade Corporal e Percentual de Gordura em Militares Masculinos

Por: Ciro Romelio Rodriguez Añez e Maria Fátima Glaner.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.1 - n.1 - 1999

Send to Kindle


Resumo

Através deste estudo objetivou-se verificar a validade: da equação de Katch e McArdle (1973) que envolve os perímetros do braço, antebraço e abdômen, para estimar a densidade corporal; e, o procedimento de Cohen (1986) que envolve os perímetros do pescoço e abdômen, para estimar o % de gordura (%G); para militares. Para tanto, coletou-se os dados de 50 militares masculinos, com idade média de 20,26 ± 2,04 anos, lotados na cidade de Santa Maria, RS. Mensurou-se os perímetros conforme procedimentos de Katch e McArdle (1973) e Cohen (1986). Utilizou-se a densidade corporal mensurada (Dm) através da pesagem hidrostática como critério de validação, cujo valor médio foi de 1,0706 ± 0,0100 g/ml. Estimou-se o volume residual pela equação de Goldman e Becklake (1959). O %G derivado da Dm estimou-se pela equação de Siri (1961), obtendo-se um valor médio de 12,70 ± 4,71. Observou-se os critérios de validação sugeridos por Lohman (1992). Através da análise dos resultados obtidos pode-se evidenciar que o procedimento desenvolvido por Cohen (1986) apresenta validade concorrente para estimar o %G em militares masculinos, ou em outras amostras com características peculiares à deste estudo, com um erro padrão de estimativa de 3,45%.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/3814

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.