Validação de Uma Bateria de Testes Para Avaliação da Autonomia Funcional de Adultos com Lesão na Medula Espinhal.

Por: Camilla Yuri Kawanishi e Márcia Greguol.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.28 - n.1 - 2014

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo teve como objetivo criar e validar uma bateria de testes motores relacionados à atividade da vida diária (AVD), com o intuito de avaliar a independência funcional de indivíduos com lesão na medula espinal. Para tanto, foram selecionados 22 sujeitos por conveniência, com idades variando entre 20 e 53 anos. Esses indivíduos foram submetidos à realização de uma bateria de testes, a qual passou por processo de verificação da validação por conteúdo, objetividade e reprodutibilidade. Os dados foram tratados através de estatística descritiva, Análise de Variância (ANOVA- "one-way"), Coeficiente de Correlação Intraclasses e teste t-Student. Adotou-se a = 5%. Os principais resultados demonstraram que os testes que compõe a bateria possuem descrição clara, relacionam-se com AVD e possuem aplicabilidade, o que torna válido seu conteúdo. Além disso, todos os testes demonstraram alto grau de objetividade (p = 1,00 e F = 0,00) e reprodutibilidade (CCI > 0,85). A elaboração desta bateria de testes específicos para pessoas com lesão na medula espinhal pode ser uma ferramenta útil para avaliar de forma efetiva e com qualidade alguns parâmetros relevantes do seu dia a dia, de modo a analisar a independência dos sujeitos.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1807-55092014000100041&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.