Validade de Construto e Fidedignidade de Uma Lista de Checagem Para Análise do Saque do Voleibol

Por: Cícero Luciano Alves Costa, Cintia de Oliveira Matos, , Madson Pereira Cruz e .

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.20 - n.1 - 2018

Send to Kindle


Resumo

O estudo tem como objetivo investigar a validade de construto e fidedignidade da lista de checagem para análise qualitativa do saque por cima do Voleibol. Participaram do estudo 55 sujeitos do sexo masculino com idades entre 13 e 17 anos. O saque por cima foi analisado utilizando a lista de checagem de Meira Junior (2003) que analisa o padrão de movimento do saque em quatro fases: posição inicial, levantamento da bola, ataque à bola e finalização. A validade de construto foi analisada utilizando análise fatorial confirmatória e a fidedignidade através do coeficiente alfa de Cronbach. A validade de construto foi suportada pela análise fatorial confirmatória com os resultados do RMSEA (0,037 [Intervalo de confiança 90% = 0,020-0,040]), CFI (0,97) e TLI (0,95) indicando um bom ajuste do modelo. Em relação à fidedignidade, o coeficiente alfa de Cronbach foi de 0,661, sendo este valor considerado aceitável. Dentre os itens da lista de checagem, o lançamento da bola e o ataque à bola apresentaram maiores cargas fatoriais, com 0,69 e 0,99, respectivamente. Em síntese, a lista de checagem para análise qualitativa do saque por cima de Meira Junior (2003) pode ser considerada um instrumento válido e confiável para utilização em pesquisas na área das Ciências do Esporte. 

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2018v20n1p95

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.