Validade de Diferentes Equações de Predição da Carga Máxima em Atletas de Artes Marciais Mistas

Por: Adenilson Targino de Araújo Júnior, Elisio Pereira Neto, Gabriel Rodrigues Neto, Jairo Laécio Guerra Filho, Joamira Pereira de Araújo, Maria do Socorro Cirilo Sousa e Rodrigo Ramalho Aniceto.

Motricidade - v.10 - n.4 - 2014

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do estudo foi verificar a validade de diferentes equações preditivas de uma repetição máxima (1-RM) no exercício supino horizontal (SH) com barra em atletas de artes marciais mistas (MMA). Participaram do estudo 19 homens atletas de MMA (27.68 ± 6.19 anos). A coleta de dados referentes às cargas de trabalho no SH foi realizada em dois momentos: 1) no teste de 1-RM; 2) no teste submáximo e seus respetivos números de repetições. Verificou-se por meio do teste t de Student para amostras pareadas que, dentre as seis equações comparadas com o teste de 1-RM, apenas as de Adams (p= 0.337) e O’Conner (p= 0.250) não apresentaram diferenças significativas; todavia, houve uma elevada correlação de Pearson e um elevado índice de correlação intraclasse (r= 0.924, ICC= 0.924; r= 0.944, ICC= 0.944), respetivamente. Entretanto, todas as equações apresentaram altas correlações que variaram entre 0.856 e 0.944. Conclui-se que para uma estimativa dos valores de 1-RM, as equações preditivas de Adams e O’Conner são válidas em atletas de MMA.

Endereço: http://revistas.rcaap.pt/motricidade/article/view/2948

Ver Arquivo (PDF)

Tags: Nenhuma cadastrada :(

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.