Validade e Fidedignidade de Um Instrumento em Português Para Avaliar o Padrão de Uso de Bicicleta em áreas Urbanas

Por: Marilson Kienteka e Rodrigo S. Reis.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.19 - n.1 - 2017

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar a validade e fidedignidade de um instrumento para avaliar o padrão de uso de bicicleta em áreas urbanas de forma observacional. Os itens componentes do instrumento foram selecionados a partir da revisão da literatura sobre o tema. A validade de conteúdo foi estabelecida pelo parecer consensual de especialistas da área de atividade física e saúde. A estabilidade temporal (fidedignidade) foi verificada por meio do percentual de concordância e pelo coeficiente de correlação intraclasse (CCI). As observações foram realizadas com um protocolo adaptado e baseado no System for Observing Play and Recreation in Communities (SOPARC), consistindo de varreduras sistemáticas e periódicas para a contagem de ciclistas em uma via urbana, a partir de filmagens cedidas pelo controle do transporte público de Curitiba (URBS). Ao todos foram realizadas 383 e 378 observações de ciclistas, respectivamente pelos avaliadores A e B. A maior parte dos sujeitos observados eram homens (87%), adultos (84%), pedalaram no BRT (54%), na direção centro/bairro (54%), conduziram a bicicleta na contramão (58,2%), sem capacete (76,8) e sozinhos (64%). Os percentis de concordância variaram entre 89,2 e 99,5% e os valores de CCI entre 0,922 e 0,999. Segundo os critério empregados, a fidedignidade foi classificada como elevada em todas as categorias de observação contidas no instrumento. O instrumento apresenta validade e fidedignidade para o emprego em pesquisas para avaliação do padrão de uso de bicicleta em contextos urbanos brasileiros.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2017v19n1p17

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.