Validade e Reprodutibilidade da Versão Brasileira da Escala Se Suporte Social Para o Exercício em Adolescentes

Por: James F. Sallis e .

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.13 - n.2 - 2005

Send to Kindle


Resumo

O Suporte social e um importante mediador psicosocial para a atividade física em adolescentes. Entretanto, instrumentos validos para avaliar este mediador em adolescentes Brasileiros são ate agora inexistentes. O propósito deste estudo foi avaliar psicometricamente a versão Brasileira da Escala de Suporte Social para o Exercício em Adolescentes. Participaram do estudo 540 estudantes de ensino médio (57.5% meninos)entre 14 e 17 anos. Foram selecionados aleatoriamente 64 participantes para avaliar a reprodutibilidade através do coeficiente Intra-Classe (R). A consistência interna foi avaliada através do coeficiente alfa-Chronbach. A validade critério-concorrente foi avaliada através da Correlação Ordenada de Spearmann entre as escalas e: a) minutos por semana de atividade física moderada a vigorosa (MVPA); b) minutos por semana de atividades estruturadas e c) caminhada como transporte. Os valores de alfa variaram de 0.78 a 0.81 e os coeficientes Intraclasse de 0.61 a 0.81. Todas escalas apresentaram correlação com ao menos duas medidas de atividade física, evidenciando a validade. As escalas de suporte social apresentaram fidedignidade adequada e validade moderada para o uso em adolescentes Brasileiros. Medidas mais objetivas da atividade física são necessárias para avaliar mais adequadamente a validade. PALAVRAS-CHAVE - Exercício, Psicologia, Adolescente, Comportamento.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.