Variabilidade do Desempenho no Line-drill Test em Adolescentes Jogadores de Basquetebol

Por: André Luiz de Almeida Soares, Carlos Eduardo Gonçalves, Humberto Moreira Carvalho, , e .

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.22 - n.6 - 2016

Send to Kindle


Resumo

A prática de basquetebol durante a adolescência aumenta o tamanho corporal e o desempenho funcional. O basquetebol envolve esforços máximos de curta duração com mudanças de direção que utilizam o metabolismo anaeróbico e a agilidade. Objetivo: Examinar a variação do desempenho no Line-drill Test em adolescentes jogadores de basquetebol (n = 59, faixa etária 9 a 15 anos) com relação ao estado de maturação somática (idade estimada do pico da velocidade de crescimento [PVC]) e à variação do tamanho corporal. Métodos: Foi considerada a idade cronológica, o tempo previsto para a idade do PVC pelo protocolo maturity offset, a estatura e a massa corporal medidas por antropometria e o desempenho no Line-drill Test. Foram utilizados modelos alométricos proporcionais para controlar a variação associada ao tamanho corporal, idade cronológica e estado de maturação na variação interindividual no Line-drill Test.
 

Endereço: http://www.scielo.br/pdf/rbme/v22n6/1517-8692-rbme-22-06-00445.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2017 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.