Variáveis Fisiológicas e Maturação Sexual em Escolares Pré- Púberes e Púberes do Sexo Feminino da Cidade de Santa Maria

Por: Rosângela Kelling Filipetto.

Kinesis - n.29 - 2003

Send to Kindle


Resumo


Este trabalho analisou variáveis fisiológicas de meninas pré-púberes (PP) e púberes (P), pertencentes à rede de ensino particular de Santa Maria. A amostra foi formada por 29 escolares femininas de 11,6 anos a 12,6 anos, participantes regulares de educação física escolar. Estudou-se as variáveis fisiológicas de volume de oxigênio máximo (V02max), pressão arterial sistólica e diastólica em repouso e pós exercício (PASr0p, PADrep, PASpe e PADpe), freqüência cardíaca em repouso e pós exercício (FCrep e FCpe), as variáveis antropométricas de massa corporal (Mcorp), estatura (EST) e percentual de gordura corporal (%G) e estágio de desenvolvimento mamário (EDM). Testes foram realizados, tais como, testes antropométricos, teste adaptado de 1000m para espaço reduzido e, além disso, utilizou-se o quadro avaliativo para os estágios de desenvolvimento mamário. Para análi­se, usou-se o teste de Shapiro-Wilk e o pacote estatístico S.A.S.Foram encontradas diferenças estatisticamen­te significativas (p<0,05) entre os grupos PP e P nas variáveis: M , EST, %G e EDM, sendo as médias superi­ores para o grupo P, as demais variáveis não apresentaram diferenças estatisticamente significativas. Através dos dados obtidos concluiu-se que: As púberes possuem maior EDM e valores antropométricos mais elevados. Além disso, não houve diferenças estatisticamente significativas entre as FC, as PASrepe PADrop, PASpe e PADpe e V02max entre os grupos.

Endereço: http://cascavel.ufsm.br/revistas/ojs-2.2.2/index.php/kinesis/article/view/10172

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.