Variáveis Intervenientes Associadas - Prescrição do Treinamento de Força e as Respostas da Pressão Arterial: Uma Revisão da Relação Risco-benefício na Elaboração de Programas

Por: Victor Goncalves Correa Neto.

Arquivos em Movimento - v.11 - n.2 - 2015

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo tem por objetivo revisar as evidências sobre o impacto agudo da manipulação de diferentes variáveis metodológicas da prescrição do treinamento de força nas respostas da pressão arterial durante a execução e nos momento pós exercício. Procurou-se na presente revisão observar as evidências sobre as respostas da pressão arterial durante o exercício de força em comunhão com as repostas pressóricas pós exercício para que se possa contemplar uma relação entre os riscos e segurança durante a execução, com os possíveis benefícios pós-exercício. Percebe-se que as variáveis metodológicas envolvidas na elaboração dos programas de treinamento de força exercem impacto sobre as respostas da pressão arterial e devem receber especial atenção em sua manipulação quando da montagem de trabalhos de força principalmente para populações com necessidades especiais como é o caso dos sujeitos com hipertensão.

Endereço: https://revista.eefd.ufrj.br/EEFD/article/view/470

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.