Variáveis Que Podem Explicar Mudanças no Desempenho Motor de Crianças com Desordem Coordenativa Desenvolvimental e Desenvolvimento Típico

Por: Larissa Wagner Zanella, Mariele Santayana de Souza e Nadia Cristina Valentini.

Revista da Educação Física - UEM - v.29 - n.1 - 2018

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do estudo foi investigar associações entre o desempenho motor , estado nutricional e atividades cotidianas de crianças com Desordem Coordenativa Desenvolvimental , risco de DCD  e desenvolvimento típico antes e após uma intervenção motora. Participaram do estudo 48 crianças (5 à 7 anos), distribuídas em grupo interventivo (n=24) e grupo controle (n=24) avaliadas com MABC-2, MABC Checklist, Índice de Massa Corporal (IMC) e circunferência abdominal . Na pré-intervenção correlações significativas e positivas foram encontradas entre desempenho motor e IMC para o total da amostra e para as crianças com DCD; na pós-intervenção correlações significativas e positivas foram encontradas entre o desempenho motor e seção B do check-list  para o total de crianças da amostra e para as crianças com risco de DCD do grupo interventivo. Programas interventivos contribuem para minimizar a influência de fatores prejudiciais para o alcance da proficiência motora de crianças com e sem atrasos motores.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/31239

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.