Velhos Esportivas: Utilidade e Estética

Por: .

Motus Corporis - v.4 - n.2 - 1997

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste artigo é analisar algumas representações e condições culturais que alimentam a prática esportiva na terceira idade, especificamente no movimento de masters de natação. As transformações sociais e tecnológicas, ocorridas ao longo do século XX, reordenaram papéis e representações sobre a vida pública e privada dos indivíduos. Reabilitar o corpo como identidade, como construtor do self e como centro de um estilo de vida saudável, ativo e prazeroso são algumas das representações, fruto destas transformações, que atinge a todos. A idéia de velhice, até não faz muito tempo atrás, poderia representar proximidade do fim, perda de autonomia e vida monótona, dependente e resignada. Envelhecer, para o segmento dos velhos esportistas, pode significar o nascimento de um novo estilo de vida. O esporte pode-lhes proporcionar uma forma de manter a autonomia, a potência e os corpos ativos para viver com bem estar, e uma forma de manter acesa a luz da auto-estima. 

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.