Velocidade Autosselecionada e Ideal da Caminhada de Amputados Transfemorais: Solo e Esteira

Por: Artur Bonezi dos Santos, Jorge Storniolo, Leonardo Alexandre Peyré, Natalia Andrea Gomeñuka, Paula Figueiredo da Silva e Renata Luisa Bona.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.22 - n.5 - 2016

Send to Kindle


Resumo

A velocidade de progressão é, em geral, determinada em pesquisas na área da locomoção. Objetivo: Comparar as medidas de velocidade autosselecionada no solo, na esteira rolante e a velocidade ideal estimada pelo número de Froude em sujeitos amputados transfemorais. Método: Primeiramente foi determinada a velocidade no solo; em seguida, realizou-se o teste na esteira, e a velocidade ideal foi estimada a partir dos dados antropométricos. Todos os sujeitos utilizavam joelho hidráulico e pé em fibra de carbono. Para comparação entre as velocidades foi realizada ANOVA de duas vias. Resultados: A velocidade autosselecionada na esteira foi menor (22%) do que no solo. Tanto a velocidade autosselecionada na esteira como a do solo foram 44% e 22% menores do que a velocidade ideal estimada, respectivamente. Conclusão: As velocidades analisadas no presente estudo foram diferentes, provavelmente, devido à variação dos parâmetros cinemáticos.
 

Endereço: http://www.scielo.br/pdf/rbme/v22n5/1517-8692-rbme-22-05-00336.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.