Velocidade Crítica em Natação: Fundamentos e Aplicação

Por: Flávio Antônio de Souza Castro, Marcos Franken e Rodrigo Zacca.

Motriz - v.17 - n.1 - 2011

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste artigo foi efetuar uma revisão da origem do conceito e da aplicação da velocidade crítica (VC) na natação. Em relação ao significado fisiológico, aumentos substanciais de alguns marcadores fisiológicos (concentração de lactato, consumo de oxigênio e frequência cardíaca) foram observados durante esforços em intensidade retangular à VC, sugerindo que esta se situe acima do limiar anaeróbio e também da máxima fase estável de lactato. É sugerido que a VC seja influenciada por alguns fatores como: (1) utilização de diferentes combinações de distâncias para a sua determinação; (2) diferentes faixas etárias e (3) nível de experiência do nadador. Pode-se concluir que a VC é um adequado parâmetro para o controle dos efeitos do treinamento, e pode ser obtida de maneira simples em relação a outras formas de controle. No entanto, sua utilização como ferramenta para a predição do desempenho em natação ainda necessita ser melhor investigada.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/1980-6574.2011v17n1p209

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.