Vitoriosa no Pan, Natação Brasileira Ganharia Apenas Uma Medalha Olímpica

Por: .

Blog do José Cruz - 2015

Send to Kindle


Equipe brasileira fez a festa na piscina do Centro Aquático do CIBC de Toronto. Festa pelas 26 medalhas, com 10 de ouro, 6 de prata e 10 de bronze. Festa para Thiago Pereira, o ''homem do Pan'', maior medalhista da história desta competição. Festa para Etiene Medeiros (foto), a primeira nadadora a escutar o Hino Nacional, batendo a mão antes de todas, nos 100m estilo costas. Sem dúvida, um belo motivo para se festejar

EMedeiros

Por Walter Guimarães – Jornalista

Tanta festa a 10 dias do Mundial de Kazan seria motivo para esperanças de conquistas nas águas do verão russo, ou mesmo na Rio-16? Infelizmente não. Os nomes que podem trazer medalhas do Mundial são os mesmos, pelo menos por enquanto, dos recentes mundiais e Jogos Olímpicos.

Basta comparar os resultados do Pan de Toronto com os tempos obtidos nos Jogos de Londres, há 3 anos, e perceber que:

– Com os tempos das 40 finais individuais que os atletas chegaram em Toronto, o Brasil teria participado em apenas 11 finais em Londres, nove no masculino e apenas duas no feminino, ambas com a Etiene Medeiros;

– Das 26 medalhas conquistadas no Canadá, apenas o Felipe França teria conquistado um bronze em Londres;

– Todas as equipes de revezamento conseguiram medalhas, os homens só as douradas, mas na piscina olímpica a história seria bem diferente, conseguiríamos um 5º lugar com muita luta.

Desfalque

Os mais otimistas, ou, melhor, os mais ufanistas podem falar que o principal nome da natação brasileira, César Cielo, não estava em Toronto, preferiu se concentrar na piscina do Mundial, da mesma forma da quase a totalidade da equipe de ponta americana.

Escutei nadadores felizes com os tempos registrados em Toronto, por estarem na fase final dos treinos, que ainda nem fizeram a ''raspagem''. Pois é, mais um esporte que na hora da verdade, nem a raspa do tacho de tantos recursos repassados nos últimos anos fará com que se mude o caldo. Vai Brasil !!! Respire que o caldo parece que vai ser feio.

Resultados comparativos

Entre parêntese, a colocação ou em qual fase cada atleta chegaria, em relação aos Jogos de Londres

MASCULINO

50m livres: 2º Bruno Fratus – 21'91'' (8º)

100m livres: 3º Marcelo Chierighini – 48'80'' (semifinal) e 7º Matheus Santana – 49'58'' (eliminatória)

200m livres: 1º João de Lucca – 1m46'42'' (6º) e 5º Nicolas Oliveira – 1m47'81'' (semifinal)

400m livres: 3º Leonardo de Deus – 3m50'30'' (eliminatória)

1.500m livres: 3º Brandonn Almeida – 15m11'70'' (15º) e 7º Lucas Kanieski – 15m23'91'' (20º)

100m costas: 2º Guilherme Guido – 53'35'' (5º)

200m costas: 3º Leonardo de Deus – 1m58'27'' (semifinal)

100m peito: 1º Felipe França – 59'21'' (3º) e 2º Felipe Lima – 1m00'01'' (8º)

200m peito: 1º Thiago Simon – 2m09'82'' (semifinal) e 3º Thiago Pereira – 2m11'93'' (eliminatória)

100m borboleta: 7º Arthur Mendes – 52'73'' (eliminatória)

200m borboleta: 1º Leonardo de Deus – 1m55'01'' (5º) e 5º Kaio Almeida – 1m58'51'' (eliminatória)

200m medley: 1º Henrique Rodrigues – 1m57'06'' (5º) e 2º Thiago Pereira – 1m57'42'' (6º)

400m medley: 1º Brandonn Almeida – 4m14'47'' (8º)

4x100m livres: 1º Brasil – 3m13'66'' (7º)

4x200m livres: 1º Brasil – 7m11'15'' (8º)

4x100m medley: 1º Brasil – 3m32'68'' (5º)

FEMININO

50m livres: 2º Etiene Medeiros – 24'55'' (6º) e 7º Graciele Herrmann – 24'94'' (semifinal)

100m livres: 5º Larissa Martins – 54'61'' (eliminatória) e Graciele Herrmann – 55'01'' (eliminatória)

200m livres: 3º Manuela Lyrio – 1m58'03'' (semifinal) e 5º Larissa Martins – 2m99'32'' (eliminatória)

400m livres: 4º Manuela Lyrio – 4m10'92'' (18º) e 7º Carolina Bilichi – 4m17'40'' (30º)

800m livres: 7º Caroline Bilich – 8m47'94'' (29º)

100m costas: 1º Etiene Medeiros – 59'61'' (8º)

200m costas: 5º Joanna Maranhão – 2m12'05'' (eliminatória)

100m peito: 6º Beatriz Travalon – 1m09'23'' (eliminatória)

200m peito: 8º Pamela Souza – 2m32'41'' (eliminatória – penúltima marca)

100m borboleta: 4º Daynnara de Paula – 58'56'' (semifinal) e 5º Daiene Dias -58'74'' (semifinal)

200m borboleta: 3º Joanna Maranhão – 2m09'38'' (eliminatória)

200m medley: 4º Joanna Maranhão – 2m12'39'' (semifinal) e 7º Gabrielle Gonçalves – 2m17'02'' (eliminatória)

400m medley: 3º Joanna Maranhão – 4m38'07'' (10º)

4x100m livres: 3º Brasil – 3m37'39'' (6º)

4x200m livres: 2º Brasil – 7m56'36'' (12º)

4x100m medley: 3º Brasil – 4m02'52'' (12º)

Foto: Satiro Sodré/CBDA

Tags : medalhas Natação Olimpíada Pan 2015

25/07/2015

Endereço: http://josecruz.blogosfera.uol.com.br/2015/07/vitoriosa-no-pan-natacao-brasileira-ganharia-apenas-uma-medalha-olimpica/

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.