Vivencias Corporais: Proposta de Trabalho de Auto-conscientização

Por: Adilson Nascimento de Jesus.

1992 03/06/1992

Send to Kindle


Resumo

A dissertação Vivencias Corporais: Proposta de Trabalho de Auto-Conscientização, trata da elaboração, desenvolvimento e aplicação sob a forma de pesquisa, de um trabalho que se desdobra em si mesma, através de propostas de vivências, pelas quais possam desenvolver a consciência sobre seu próprio corpo, sob a perspectiva de sua motricidade, que é a manifestação de sua própria existência. Este trabalho foi desenvolvido através de uma pesquisa qualitativa de sua motricidade que é a manifestação de sua própria existência. Este trabalho foi desenvolvido através de uma pesquisa qualitativa de analise de depoimentos dos sujeitos, de acordo com a metodologia desenvolvida e descrita no livro Análise de Conteúdo de Laurence Bardin, 1970, norteada pela seguinte questão pela seguinte questão: "Quais foram as mudanças corporais que você percebeu em si mesmo durante a realização das vivências"?, buscando desvelar qual o caminho percorrido pelo sujeito afim de desenvolver sua auto-conscientização. Junto a isto, no capitulo "Da vivencia como consciência". Tratamos do desenvolvimento do termo "Vivencia Corporal", associado aos termos correlatos: "Consciência", "Percepção" e "Tomada de Consciência". Em seguida, no capitulo "Metáforas que constroem o gesto", tratamos da criação, da necessidade e do uso de metáforas, como imagens que sugerem algo, como forma de capítulo "Da imitação", tratamos do processo de imitação como um compreendido como um ato de descoberta da própria expressividade, direcionada para a auto-percepção e afirmação da individualidade pelo gesto ...Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital.

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000050754&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.