Vivendo a Corporeidade Numa Proposta Interdisciplinar

Por: Margarete de Souza Conrado.

58 Reunião Anual da SBPC

Send to Kindle


INTRODUÇÃO:

O presente estudo tem por objetivo desenvolver formas de relacionar os conteúdos da Geografia à Cultura Corporal. Ministrada no componente curricular Educação e Corporeidade do Curso de Geografia com os alunos do I semestre da Universidade Estadual da Bahia - UNEB, a disciplina discute a constituição do corpo, nas várias dimensões sociológicas, econômico e filosófico, analisa e interpreta as diferentes manifestações da cultura corporal, nos diferentes contextos da sociedade. Com o propósito de investigar o desenvolvimento das ações acadêmicas realizadas pelos alunos de forma interdisciplinar apresentamos como estratégia de ensino os conteúdos da geografia aplicados a atividades corporais teóricas-práticas que serviram como ponto de partida para pesquisa. Entendendo que o desafio da Educação em todos os níveis, seja da educação infantil ao ensino superior, está em proporcionar ao aluno a interdisciplinaridade, acreditamos que as intervenções contribuíram para as reflexões a cerca da articulação necessária às ações pedagógicas, seja no âmbito da comunidade acadêmica, ou voltado para a sociedade em geral. Para tanto, se contou com a divisão da turma em seis grupos com oito integrantes cada, os quais desenvolveram temáticas tanto da geografia física como humana. A análise das respostas dos trabalhos realizados aponta para a compreensão das contribuições de caráter motivacional, lúdico e interdisciplinar, verificada através dos questionários coletados após a análise dos dados.


 METODOLOGIA:

A dinâmica desenvolveu-se abordando conteúdos da geografia através de atividades corporais num processo de ação-reflexão-ação. Consistiu também, na coleta e análise de quarenta e três questionários respondidos pelos alunos após as atividades, buscando subsídios para nossa pesquisa participante. O processo didático contemplou dois momentos distintos: de realização e de avaliação. Delimitamos dois dos trabalhos apresentados. O primeiro descreve uma atividade de observação crítica dos caracteres de uma paisagem, numa trilha onde foram observados os seguintes aspectos: as características da paisagem natural e artificial, os elementos que compõem o espaço geográfico, as diferentes formas de relevos e as alterações fisiológicas ocorridas durante o percurso de subidas e descidas, além da análise da resistência física durante o trajeto. Tais características foram apresentadas pelo grupo no decorrer da caminhada coletiva. O segundo exemplo trata da geografia humana, as manifestações culturais da região nordeste e sua relação com os problemas sócio-econômicos-políticos-culturais, desafio que levantou questões à cerca da desertificação e a consciência ecológica representado simbolicamente através da dança dos orixás. Foram discutidos pontos referentes aos empreendimentos de ações de prevenção ambiental; contribuições para um modelo de desenvolvimento econômico e social compatível com as necessidades de conservação dos recursos naturais e a equidade social nas diferentes regiões.


 RESULTADOS:

Os resultados obtidos revelaram indícios de motivação dos alunos na organização das ações interdisciplinares. Verificou-se em 85% dos alunos entrevistados, que as dificuldades e inquietações encontradas durante o processo de organização da atividade, não interferiu na realização da mesma, apontando como a maior delas a falta de habilidades corporais para o desempenho de algumas das atividades.

Dos entrevistados 75% identificaram e compreenderam a relação interdisciplinar das áreas afins e sua relevância na qualificação do profissional a ser formado. Os dados revelam que o interesse maior na realização dessas ações interdisciplinares centrou-se em enfrentar o desafio da proposta, contribuir no processo de socialização da turma uma vez que envolveu o aspecto lúdico e pela importância no processo de qualificação profissional. A atividade como ação conjunta desenvolveu-se de forma proveitosa para 85% dos entrevistados. O aspecto motivacional durante as ações interdisciplinares apresentou o resultado esperado com a participação efetiva dos grupos, demonstrando em 90% dos entrevistados, grande interesse na realização dessas ações no Campus por acreditar na relevância como meio para repensar as práticas metodológicas utilizadas no processo educacional em todos os níveis de ensino e contribuir no processo de formação e qualificação profissional uma vez que amplia a visão do conhecimento nas várias áreas. Além de oportunizar a criação de novas linhas de pesquisa dentro do Campus.


CONCLUSÕES:

Entendemos que o trabalho realizado com os alunos do I semestre do Curso de Licenciatura Plena em Geografia da UNEB - Campus VI caminha rumo a interdisciplinaridade tanto quista e debatida nos encontros didáticos pedagógicos onde se discute a Educação.

Articulando os conteúdos das áreas envolvidas seja em sala de aula ou nos espaços geográficos percorridos percebemos a satisfação dos alunos em participar das atividades. Entendemos que essas ações no decorrer dos cursos universitários possam contribuir na qualificação de profissionais capazes de se aliarem a inegável força da educação em buscar a estruturação de uma sociedade que seja capaz de dirimir, paulatinamente, as desigualdades e que, ao mesmo tempo, promova a melhoria da qualidade de vida para seus cidadãos.

Para tanto, profissional e homem moderno devem ter em mente o resgate do "ser" com novos "fazeres" e desencadeando novas formas de "convivência" explorando e aprofundando o "conhecimento" (Antonelli, 2002). Pela repercussão alcançada nos grupos de trabalho, com a realização dessas ações interdisciplinares, os envolvidos, professora e alunos se manifestaram por uma avaliação altamente positiva, conforme a análise dos dados obtidos. Faz-se necessária às intervenções pedagógicas no que se refere à ampliação e aprofundamento da proposta nos componentes curriculares de outros cursos superiores, para uma melhor compreensão e articulação dos alunos em sua formação acadêmica.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.