Vocabulário do Futebol na Mídia Impressa: o Glossário da Bola

Por: João Machado de Queiroz.

2003 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

A partir de uma investigação sistemática sobre a mídia impressa contemporânea brasileira, em suas modalidades convencional e sistema on line, com ênfase para o eixo Rio-São Paulo, procedeu-se a um levantamento das constantes lexicais* empregadas, especificamente, na linguagem particular do futebol. O corpus, foco de análise, foi constituído pelo material lingüístico coletado junto à imprensa escrita, em um recorte espacial compreendido no período de 1995 e 2005. Partindo desse acervo lingüístico procurou-se historiar, definir e estudar a prática do futebol, enfocando sua condição de esporte de massa, caracterizando-o, portanto, como um fenômeno social. A forma da escritura, da divulgação de notícias e comentários, envolvendo o universo do futebol, através da imprensa especializada ou não, recebeu uma abordagem investigativa envolvendo itens lexicais da língua comum que integram a linguagem do futebol: elementos autóctones, os vocábulos próprios, pertencentes ao domínio da prática do esporte: os tecnoletos, constituídos por estrangeirismos, decalques, empréstimos e vocábulos de diversas áreas do conhecimento humano que migraram por associação semântica, constituindo-se, por vezes, em uma modalidade de linguagem técnica de caráter banalizado. O processo de criação neológica foi, também, objeto de reflexões e, é exposto, na segunda parte do trabalho, que é constituído por glossário com 3.360 verbetes relativo ao universo do futebol, com notas elucidatórias sobre a gênese dos itens léxicos, constantes das abonações, além de informações gramaticais, etimológicas e enciclopédicas, acerca de cada unidade-entrada. Palavras-chave: mídia impressa, neologismo, lexicologia, lexicografia. 

Endereço: http://repositorio.unesp.br/handle/11449/102469

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.