Wu de - Reflexão Filosófica Acerca do Código de ética Marcial do Kung-fu

Por: Paula Queirós, e Teresa Lacerda.

XVI Congresso de Ciências do Desporto e Educação Física dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Ao Wu De (武德) ou Wu Te está subjacente um quadro axiológico, designadamente de valores ético-morais, que serve como norteador do comportamento dos kungfuístas, praticantes de Kung-Fu (arte marcial chinesa). Este código de ética marcial já milenar teve sua grande fonte inspiradora nos ensinamentos filosóficos de Confúcio (孔夫子) (551 a.C.– 479 a.C.). Suas obras geraram o movimento filosófico e educacional conhecido como Confucionismo. Ali são relatadas as virtudes áureas que o ser humano deve buscar incondicionalmente para permear a paz no mundo, em sua sociedade e em si mesmo, tais como: sabedoria (智), decoro (禮), benevolência (仁), fidelidade (信) e justiça (義). Pontua-se que o Wu De se mistura constantemente com os ensinamentos teóricos e práticos das técnicas do Kung-Fu, objetivando que o aspecto educacional seja carreado para o cotidiano do praticante, no lar, na rua, no trabalho, colaborando através do seu cunho filosófico e reflexivo. Outrossim, a ideologia do pacifismo confucionista mesclada à cultura do Kung-Fu, faz desta arte marcial uma representação da ideia maior apregoada filosoficamente na busca constante da harmonia, afastando-se verticalmente da violência. Todos esses princípios filosóficos recaem ainda mais sobre os indivíduos mais graduados (Mestres), que devem expressar em vida e em seu cotidiano o conceito confucionista da etocracia, onde os superiores buscam ser exemplos-vivos técnicos e morais para os seus subordinados. Enfim, uma atuação holística filosófica e reflexiva para a superação e transcendência do ser na busca pelo bem e harmonia. O propósito deste trabalho é situar o código de ética marcial Wu De em relação ao seu papel axiológico no Kung-Fu e clarificar seus conceitos no enquadramento ético-moral. A pesquisa terá por base a revisão de literatura conjuntamente com a análise da narrativa de uma Grã-Mestre de Kung-Fu líder do Yen Jao Fan Tsi Moon ou “estilo Garra de Águia Acrobático” (鷹爪翻子),prática com cerca de mil anos de existência, criada na China durante a dinastia Sung do Sul (1127-1279 d.C.).

Endereço: http://www.fade.up.pt/rpcd/entradaPT.html

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2016 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.