Atletismo

Ponto de Encontro dos Profissionais, Estudantes e Pesquisadores

Entrar na Comunidade

Oscar Pistorius



Oscar Pistorius confirmado no Mundial de Atletismo


A Federação de Atletismo da África do Sul confirmou a presença de Oscar Pistorius no Campeonato do Mundo de Daegu, na Coreia do Sul, entre 27 de Agosto e 4 de Setembro. Pistorius, de 24 anos, será o primeiro atleta amputado a competir num mundial entre atletas sem deficiências físicas, correndo a prova dos 400 metros e talvez o 4x400 metros.

O QUE VOCÊS PENSAM SOBRE A PARTICIPAÇÃO DO OSCAR PISTORIUS NO PRÓXIMO MUNDIAL DE DAEGU ?

Comentários

Por Rafael Silva Galdino Mathias
em 23-08-2011, às 19h22.

tESTE

Por Sabriny de Oliveira Silva
em 24-08-2011, às 10h31.

Acho de grande valia esta inovação no esporte, em especial no atletismo, dar a oportunidade para um deficiente físico participar de um campeonato mundial quebra barreiras que ainda são impostas em toda sociedade. Se este fora convocado pela confederação para participar do evento dentre os demais atletas considerados "normais" é porque Pistorius tem a capacidade de desempenho igual aos adversários, sendo então merecedor do respeito dos mesmos.

Por Carlos Edinete Lisboa Guedes
em 24-08-2011, às 14h08.

É de fato muito satisfatório perceber que a sociedade está mudando e tendo uma visão diferente a respeito das pessoas com deficiência, a inserção dessas pessoas que seje no mercado de trabalho, na escola, no esporte não é fácil no entanto possível, pois apesar da diferença todos são iguais, e poder ver o Oscar participando de uma competição com pessoas consideradas "normais" mostra isso, a capacidade que ele tem no Atletismo mesmo amputado, merecendo sim ser respeitado.

Por Luiz Paulo Rodrigues Gomes
em 24-08-2011, às 19h10.

Concerteza é um episódio que abrirar uma discursão bastante relevante, pois se trata de um atleta portador de uma nessecidade especial competindo com atletas considerados normais, do ponto de vista de igualde seria injusto um deficiente competir com atletas normais, mais na minha opinião o jovem Oscar Pistorius levarar vantagens sobre os outros competidores do ponto de vista biomecânico, onde ele tera ajuda das suas próteses em alguns momentos da corrida, principalmente no impacto ao solo , impulsão e o descate dele será bem menor com relação aos outros competidores que só utilizaram de suas capacidades físicas, por isso sou contra sua participação no mundial de Atletismo, por questão de igualdade de despulta!!

Por Janine Vicente Caetano
em 24-08-2011, às 23h34.

Devemos relembrar que como a participação de Oscar competindo com pessoas que consideramos "normais", é um epísodio que apresentar, de um lado, a inclusão de deficiente físicos nos esporte- uma questão que sofre muito preconceito na sociedade devido suas limitações; na qual neste caso, a deficiência não ser tornar uma limitação para competir, e de outro lado a possibilidade de suas próteses benefíciar durante a competição, impedindo que seja uma competição igualidária.

Por Thiago Fernandes da Silva
em 25-08-2011, às 10h30.

Deve-se observar a participação de Oscar de forma em que ele entre em igualdade com os demais competidores e não como vantagem, observando-se as suas próteses na forma em que as mesmas sejam iguais os membros inferiores dos demais competidores para haver uma justiça nas competições. Considera-se se forem levadas as próteses de Oscar  como vantagens de Doping Tecnológico.

Por Luciano Leal Lorentz
em 25-08-2011, às 13h34.

Devemos entender o outro lado, não se trata de vantagem e sim de superação, seja qual for sua deficiência o importante é a inclusão do Oscar no esporte, se ele tem condições, apoio. Vale mais a felicidade de participar do seu sonho. Isto para este atleta é sem dúvida a maior realização de sua vida. Todos somos igual.  

Por Thiago Fernandes da Silva
em 25-08-2011, às 13h46.

Luciano Lorentz você refere-se "igualdade" mas igualdade neste contexto não se refere em ser deficiente fìsico ou não, mas sim a forma em que ele vai obter de Vantagem com os demais competidores, não obtendo vantagens mas sim se comparando com os demais competidores.

Por Marli Moreira da Silva
em 26-08-2011, às 15h57.

 

Eu me orgulho muito da federação ter inserido uma pessoa com deficiência no meio dos sem deficiência, por que para Oscar Pistorius vai ser uma oportunidade de se destacar e mostrar que a deficiência não e tudo, e que ele tem capacidade de competir por igualdade, basta às pessoas serem mais unidas e compreensivas, ter menos preconceitos que eles conseguem enfrentar todos os obstáculos que encontra pela frente.

Por Christian Lemos Esteves
em 26-08-2011, às 17h07.

A participação do Oscar Pistorius em um campeonato mundial é sem dúvida um marco na historia do atletismo e do esporte como todo, onde teremos a oportunidade de ver a inclusão social ao mesmo tempo em um meio tão critico, o avanço e a esperimentação teclógica mas acima de tudo a superação de seu proprio limite, mostrando que é possivel ultrapassar barreiras e ate mesmo vencer, mas com um detalhe! respeitando o próximo.

Por Maria do Rosário Dias
em 26-08-2011, às 17h23.

É um avanço, muito bom perceber que as pessoas estam evoluindo na sua maneira de pensar, é muito bom perceber que mesmo de maneira lente a inclusão esteja acontecendo, mas concordo com Rafael, parece ser um teste, pois depois é que ouviremos os comentários a respeito de sua participação. Mas já é uma vitória tê-lo lá participando.

Por Edice Aparecida Dias dos Santos
em 26-08-2011, às 17h28.

Este acontecimento será mais uma prova de que as possibilidades estão a nossa volta, ele venceu mais obstáculos, está vencendo preconceitos, esse acontecimento ainda vai gerar muitas polemicas.

Por Luiz Paulo Rodrigues Gomes
em 26-08-2011, às 19h08.

Não tenho duvida que a participação do Oscar vai causar muita polêmicas antes e após a competição no mundial, pois muitas pessoas estão olhando pelo lado da inclusão, mais estão esquecendo que ali é uma competição de alto nivel e todos os atletas precisam do mesmo nivel de igualdade para poderem competir com justiça, por isso ainda sou contra a sua participação no campeonato mundial, pois biomecanicamente suas próteses lhe dão uma pequena vantagem em relação as outros competidores.  

Por Flávia Rodrigues de Macedo
em 26-08-2011, às 21h13.

acredito que esse é um grande passo,as peesoas nao são incapazes de realizar grandes feitos por possuir uma "deficiência" e sim são pessoas que meressem mostrar o que tem de melhor a capacidade de ser um atletista como outro qualquer!

Por Lorena Ferreira dos Santos
em 26-08-2011, às 21h46.

Acho muito bom a participação de Oscar Pistorius nessa competição, pois apesar da sua deficiência ele nao desistiu dos seus sonhos, pois muitas pessoas que são portadoras de alguma deficiência tem vergonha de lutar pelos seus objetivo. A respito das proteses usada por ele, acho que isso nao vem como vantagem e sim como uma grande superação de vida, pois este rapaz provavelmente passou por muitas coisas para hoje poder esta usando as mesma.

Por Juarez Muniz
em 26-08-2011, às 22h20.

Será um fato que causará bastante polêmica, pois muitos atletas não aceitaram o Oscar Pistorius na olimpiada, porem por outro lado será uma grande lição de vida para muitas pessoas, pois esse cara é sim  um grande vencedor.

Por Andre Luis de Souza Freitas
em 26-08-2011, às 23h41.

GENTE...ESSA SEMANA MESMO ESTAVAMOS DISCUTINDO SOBRE PRECONCEITO E ADAPTAÇAO DE ATLETAS COM DEFICIENCIA. O QUE HA DE ERRADO COM ESSE ATLETA DISPUTAR UMA COMPETIÇAO DE ALTO NIVEL JUNTO COM OUTROS ATLETAS QUE SAO CONSIDERADOS NORMAIS? O OSCAR É UM ATLETA COMO QUALQUER OUTRO.O QUE DIFERENCIA ELE DOS DEMAIS É SUA CAPACIDADE DE SUPERAÇAO. QUEM TEM QUE ESTA PREPARADO SAO OS ORGANIZADORES.AFINAL,HAVERÁ ADPTAÇOES PARA ESSES ATLETAS.ABSURDO SERIA SE ELE NAO TIVESSE APOIO ALGUM.É NÓS QUE TEMOS QUE ENTRAR NO MUNDO DOS DEFICIENTES QUEM SABE ASSIM POSSAMOS DIMINUIR AS DIFICULDADES ENFRENTADAS POR ELES.

Por Thiago Fernandes da Silva
em 27-08-2011, às 18h58.

Por Janine Vicente Caetano
em 27-08-2011, às 23h08.

Sabemos que com a participação de Oscar Pistorius nas olímpiadas vem mostrar a todos nós que mesmo com protétes(tendo vantagens ou não), é um exemplo de superação, como diz André. Com certeza, vem demonstrar pra nós que pessoas que possuem uma deficiência não são limitadas. Apenas necessitam de oportunidades para mostrar seu potencial.

Por Jozinete da Silva Oliveira
em 28-08-2011, às 13h13.

como janine afirmou Oscar Pistorius  `e o primeiro paraolimpico a competir com os homens mais rapidos do mundo,`e um exemplo de pessoas que conseguem superar obstaculos,tornou-se um icone para pessoas que tenha alguma limitacao fisica ou mental,podemos concluir com a historia de Oscar que nossos sonhos podem se tornar realidade.

Por Aline Quaresma Santos
em 28-08-2011, às 13h19.

Com a participação de Oscar nas olimpíadas,  nos mostra que podemos ser capazes de irmos em busca dos nossos sonhos pois muitas das vezes deixamos de fazer algo pensando que somos impossibilitados.Em respeito as próteses não concordo que elas o ajuda a ter vantagem sobre os demais competidores , ao contrario diferente de nós ele precisou passar por  uma  adaptação para conseguir utilizar as mesmas .

Por Tiago de Oliveira Marx
em 28-08-2011, às 16h26.

Bem, ele é um atleta que mesmo com as pernas amputasdas vimos que ele tem uma certa "superioridade" entre os demais atletas que digamos "normais", pelo fato de quase ter batido a marca dos velocistas normais eu acho certo a atitude que a federação da Africa do Sul tomou, ele particpar com atleas sem deficiencia alguma, pois se há uma certa "superioridade" ente os outros acho que deve sim ter o direito de participar, ele mesmo é capaz de bater meas de outros atletas então coloque em uma categoria ao nível que ele consiga bater.

Por Jane Rodrigues Figueiredo
em 28-08-2011, às 19h53.

Bem, com a participação do Oscar Pistorius no Campeonato do Mundo do Daegu, abrirá com certeza mais inclusão no esporte a nível mundial. Com isso atletas portadores de necessidades especiais sentirão incluídos na sociedade, deixando de lado o preconceito por não se sentirem normais.

Por Simone Soares Pires
em 29-08-2011, às 09h56.

É de extrema importância a inclusão do Oscar no atletismo para os atletas "normais", pois mostra que não é necessário ter os membros para ser um grande atleta, e sim, a força de vontade e coragem no coração

Por Juciene Gomes Dias Macêdo
em 29-08-2011, às 14h12.

A participação deste atleta será muito importante, pois através dele outros deficientes vão perceber que as limitações humanas não impede que conquistemos os nossos objetivos, basta te força de vontade e determinação para assim superar o medo e os obstáculos.

Por Flavileia da Silva Cruz
em 29-08-2011, às 15h02.

Algumas  pessoas ás vezes,  deixam de realizarem seus maiores objetivos na vida por terem uma visão muito pequena achando se incapazes

por qualquer dificuldade ou mesmo uma limitação, todavia existem pessoas que correm atrás dos seus maiores objetivos como é um exemplo bem

claro do atleta Oscar Pistourius através de sua participação no atletismo.  De forma que repasse a sociedade um exemplo bem evidente de que sua participação é um marco de suma importâcia no que se diz respeito a inclusão.

Por Flavileia da Silva Cruz
em 29-08-2011, às 15h03.

Algumas  pessoas ás vezes,  deixam de realizarem seus maiores objetivos na vida por terem uma visão muito pequena achando se incapazes

por qualquer dificuldade ou mesmo uma limitação, todavia existem pessoas que correm atrás dos seus maiores objetivos como é um exemplo bem

claro do atleta Oscar Pistourius através de sua participação no atletismo.  De forma que repasse a sociedade um exemplo bem evidente de que sua participação é um marco de suma importâcia no que se diz respeito a inclusão.

Por Wallace Silva de Souza
em 29-08-2011, às 20h05.

A participação do Oscar Pistourius será de fundamental importancia para a sociedade, onde estará provando que os portadores de necessidades especiais merecem respeito e que independente das condiçoes fisicas devem ter oportunidades de competir entre os demais mesmo que não obtenhamos resultados esperados, mas para socialização e integração destes nos meios competitivos.

Por Simildes Soares e Souza
em 29-08-2011, às 20h33.

Hoje devemos encarar a deficiência de maneira natural, é por isso que Oscar vai participar deste evento com devida autorização dos coordenadores do Mundial de Atletismo. Isso será um marco entre as competiçoes do Atletismo. Vamos torcer por ele. 

Por Alex Brazões de Souza
em 29-08-2011, às 20h36.

vendo a capacidade do oscar tem mesmo com proteses, e tendo essa motivação a correr no meio dos atletas com perfeito fisico, é de muita relevancia e bom exemplo para as pessoas com "pne" pois mesmo sem pernas ele demonstra que é bom no que faz e tem vontade de ser campeão essa é a motivação que estava faltando para essas pessoas que se dizem não serem capazes pois, "Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece."  (Filipenses 4 : 13) devemos ter esse exemplo do oscar, parabens oscar continue assim.

Por Junio Lopes dos Santos
em 29-08-2011, às 23h25.

O mundo em que vivemos hoje, esta cada vez mais ousado onde cada vez mais o ser humano se supera, o caso de pistorius é bem curioso, pois quem pensaria que um atleta paraolimpico poderia pelo menos sequer pensar em disputar uma prova com pessoas em perfeitas condições fisicas... esse é um caso onde podemos notar do que o ser humano não tem limites...

Por Junio Lopes dos Santos
em 29-08-2011, às 23h30.

   o seu caso pode mostrar ao mundo que as pessoas podem fazer o que quiserem desde que busquem superar limites e quebrar barreiras, pistorius é um exemplo não só para os portadores de necessidades especiais, mas também para todos aqueles que baixam a cabeça e desistem no primeiro obstaculo.

Por Junio Lopes dos Santos
em 29-08-2011, às 23h33.

deixar com que Oscar Pistorius disputasse esssa prova dá uma oportunidade com que mostre do que as pessoas podem chegar, foi uma bela iniciativa dando oportunidade para que se possa mostrar do que o corpo humano é capaz.

Por Andre Luis de Souza Freitas
em 30-08-2011, às 00h23.

sao atitudes como essa que faz que acreditemos mais em nós mesmo. se ele interpreta isso como uma conquista,usaremos isso como superaçao.parabens oscar

Por Wallace Silva de Souza
em 30-08-2011, às 07h08.

Essa atitude do Oscar incentivará mais portadores de necessidades especiais a brigarem por seus direitos sendo no esporte ou nao!!

Por Juarez Muniz
em 30-08-2011, às 08h19.

Concordo com o Wallace, pois com essa atitude de Oscar, muitos portadores de alguma deficiencia deixarão a vergonha de lado e começarão a lutar pelos seus objetivos.

Por Maria do Rosário Dias
em 30-08-2011, às 09h03.

É pessoal a torcida e alegria por essa conquista foi grande, porém Pistorius terminou em último na sua semifinal com o tempo de 46s19, mais de um segundo atrás de sua melhor marca, de 45s07. E o que é um incentivo ainda maior é que mesmo sendo eliminado ele não ficou desapontado com o seu resultado. Ele disse que não foi tão rápido quanto queria ser, mas para ele e para todos que torceram por ele, só de ele estar lá e poder correr entre os atletas ditos "normais", já é uma vitória, é fantástico. E ele prometeu voltar. Mas ainda podemos continuar torcendo, ele foi eliminado dos 400m, mas ainda tem os 4 x 400m, vai lá Oscar, que a torcida é grande, e se depender dela seu titulo de campeão tá garantido.

Por Edice Aparecida Dias dos Santos
em 30-08-2011, às 09h17.

Realmente, a participação de Oscar já é a vitória em si, pois houve muitas controvérsias sobre sua participação, uma vez que pesquisas mostraram que os treinadores e atletas haviam se demonstrado contrários à participação de Oscar por acreditarem que ele poderia levar vantagem pelo fato de fazer menos esforço para correr usando as duas próteses, mas e aí, será que ele teria mesmo vantagem usando duas próteses mecânicas? Qual a relação disso com seu sistema cardiorrespiratório? Seria mesmo uma vantagem? Ele estaria fazendo menos esforço?

Por Marli Moreira da Silva
em 30-08-2011, às 09h19.

Eu concordo quando você diz que com o Oscar nas competições vai ser uma inclusão no esporte, mas vocês esquecem que a perna usada pelo velocista o favorece por a prótese ser muito leve, e ele acaba levando vantagens sobre os outros atletas sem deficiência que são muito mais pesados para deslocar o peso do corpo, mesmo que esses atletas normais usam tênis com amortecedor a impulsão não vai ser a mesma.

Por Simone Soares Pires
em 30-08-2011, às 10h02.

Como cita a maioria dos colegas, concordo plenamente que a participação de Oscar é de grande relevância em prol de um paradigma chamando inclusão de deficientes. A participação dele irá influenciar para que outros atletas com alguma deficiência possam criar coragem e enfrentar os desafios, mostrando que o fato de ser "diferente" não impede a participação como os outros.

Por Juciene Gomes Dias Macêdo
em 30-08-2011, às 10h03.

Hoje em nossos dias observamos que o deficiente ainda não esta incluido na sociedade como se tem falado, para mim a participação de Oscar será bastante relevante onde demais pessoas serão incentivadads a participar de algum esporte e demais atividades.

Por Daniel Ferreira Botelho
em 30-08-2011, às 10h43.

Creio que toda a polêmica criada acerca da inclusão do atleta se foca na possivel vantagem biomecânica oferecida pelas próteses que o Oscar utiliza, então o mais justo seria que a confecção de proteses tivesse como base a biomecânica identica ou pelo menos muito similar a dos outros competidores. Pesquisas já são feitas por diversos institutos de biomecânica há algum tempo, sendo que não seria um grande problema elaborar um projeto e construir proteses que o colocassem em pé de igualdade com os outros competidores. Feito isso, haverá justiça quanto a realização das provas, e possibilitará uma aceitação consideravel e uma quebra de certos preconceitos e paradigmas relacionados aos deficientes fisicos. Nada mais justo que a participação de um atleta como Oscar Pistorius para exemplificar o processo de inclusão na sua forma mais plena.

Por Jozinete da Silva Oliveira
em 30-08-2011, às 14h28.

Por Jozinete da Silva Oliveira
em 30-08-2011, às 14h32.

Por Sávio Teixeira Caires
em 30-08-2011, às 15h34.

Oportunidade impar para o esporte inclusivo e o Oscar sera o ponto de partida com estas pernas especiais com serteza foi uma corrida espetacular, tanto no sentido competitivo e para a auto estima dos deficiente físicos ser mais elevada com este exemplo de atleta, com isso oportunidade iguais estão se abrindo para todos.

Meus parabéns Oscar Pistorius

Por Kesley Rocha Chácara
em 30-08-2011, às 16h38.

Atleta sem pernas, Oscar Pistorius causa polêmica

Apesar de louvável, mostrando a superação desse atleta de competir em nível de atletas "normais", acho desvantagem para ele. Na primeira vez, com certeza a satisfação de estar entre atletas sem deficiência já se configurará uma vitória. Porém, noutras competições, a frustração de sempre fazer o melhor e não conseguir vencer pode ser um obstáculo grande para a aceitação e convivência com a deficiência

Por Kesley Rocha Chácara
em 30-08-2011, às 16h38.

Pistorius está diminuindo a importância de competir nas paraolimpíadas,  as pessoas iguais tem que ser tratadas com igualdade na medida da sua desigualdade.

Por Christian Lemos Esteves
em 30-08-2011, às 17h12.

Gostaria de parabenizar o Oscar Pistorius pela proeza do feito no mundial de atletismo, chegar ate a fase semifinal de um evento de tal grandeza e ter superado muitas criticas e preconceitos dando exemplo de superação.

Por Luciano Leal Lorentz
em 30-08-2011, às 18h03.

Também gostaria de parabenizar o Oscar, pelo seu resultado, mais sua maior conquista foi sua inclusão nesta competição, ser considerado igual a todos, com isto, possamos aprender e supera esses preconceitos e aplicar cada vez mais a inclusão nos esportes.

Por Weliton Gomes Neres
em 30-08-2011, às 19h33.

Exemplo se superação e grande estímulo para os que achão que não conseguem superar as dificuldades da vida.

Por Weliton Gomes Neres
em 30-08-2011, às 19h33.

Exemplo se superação e grande estímulo para os que achão que não conseguem superar as dificuldades da vida.

Por Weliton Gomes Neres
em 30-08-2011, às 19h41.

Demosntração de superação e de que nada é impossível quando se tem um objetivo.

Por Junio Lopes dos Santos
em 30-08-2011, às 19h55.

isso é pura detrerminação de uma pessoa que luta por aquilo que acredita e pretende buscar o que é de melhor para sua vida e assim, influenciando as outras pessoas a tambem, buscar a superação.

Por Weliton Gomes Neres
em 30-08-2011, às 19h58.

Apesar da derrota de Oscar, fiquei muito feliz com a participação dele, pois ele superou muitas coisas para poder participar da competição, deixo aqui meus parabens para ele.

Por Kesley Rocha Chácara
em 30-08-2011, às 20h10.

Por Kesley Rocha Chácara
em 30-08-2011, às 20h11.

Por Kesley Rocha Chácara
em 30-08-2011, às 20h16.

Oscar é um atleta guerreiro, a participação nao foi das boas mas a superação deixou o o mundo de queixo caido. Parabens pelo empenho!

Por Arenilton Ferreira de Almeida
em 30-08-2011, às 20h22.

É verdade a sua apresentação na competiçao,realmente não foi daquelas que todos agurdavamas foi muito boa,e verdade que essa sua atitude criou mauitas espectativas em todos que o acompanhava mas ta ai esse e um bom exemplo de superar seus limites.

Por Débora Alves Leite
em 30-08-2011, às 20h28.

A história do atleta Oscar é um exemplo de superação que serve de lição para muitos, porém sua prótese o deixa em vantagem, pois a mesma lhe proporciona muita impulsão.

Por Arenilton Ferreira de Almeida
em 30-08-2011, às 20h40.

Mas isso e verdade mas eu creio que se os atletas que ele competiu que são colocados como normais ,procurar treinar um pouco mais eu entendo que eles com certeza iriam tirar essa vantagem desse atleta.

Por Aline Quaresma Santos
em 30-08-2011, às 20h42.

nos dias atuais é dificil encrontrar pessoas com tanta força de vontade e garra para superar limites, e Oscar tem todas estas qualidades , mas ele deveria competir com atletas do seu nivel , com as mesma caracteristicas para que pudesse ter mais competitividade , parabéns pelo seu esforço , e que muitas pessoas possam seguir o seu exemplo .

Por Thiago Machado Chaves
em 30-08-2011, às 20h51.

Respeito a opinião do colega Arenilton, mas acho que esta vantagem que o Oscar possui não será tirada apenas com séries de treinamento, pois ele também é um atleta de alto nível como os outros, suas séries de treinamento irão evoluir assim como os outros, e até as suas próteses irão evoluir um dia, não se sabe se serão permitidas em competições, mas o fato é que sempre estará a frente de alguns competidores, não os gênios, mas vai haver sempre algum que irá ser prejudicado. Fora isso sua determinação deve servir de exemplo como destaca a colega Aline.

Por Lucas Souza Salgado
em 30-08-2011, às 20h56.

é o atleta destaque, esta sendo um exemplo de superação, mas sua protese tem maior impulsão e sempre terá vantagem sobre sum atleta sem limitações.

Por Thiago Ferreira Sarmento
em 30-08-2011, às 21h05.

A participação deste atleta vai revolucionar sua participação nomundo do atletismo,pois seus adversários ficarão de queixo caído com sua capacidade.

Por Thiago Machado Chaves
em 30-08-2011, às 21h06.

Acho que a questão não é a sua participação, mas sim a igualdade de condições entre eles.

Por Sávio Teixeira Caires
em 30-08-2011, às 21h12.

Realmente Thiago Machado a igualdade de condições é clara ente eles, mesmo os atletas normais existe esta diferença, mas o Oscar tem um diferencial que não o torna diferente, mas igual aos demais em seu aspecto competitivo mesmo com sua vantagem mecanica que o realiza como pessoa e atleta.

Por Flávia Rodrigues de Macedo
em 30-08-2011, às 21h26.

acredito que com a participação do Oscar Pistoriusnas no atletimo alem de causar  uma polemica necessaria nos leva a refletir o que chamamos de inclusão, pois essa não deve acontecer  somente nas salas de aula,mais tambem em nossa sociedade,pois é para tal inclusão que preparamos nossa  geração.

Por Georgea Gabriane Ribeiro Pereira
em 30-08-2011, às 22h50.

Concordo que a participação dele é um exemplo de superação, e é claro que ele tem vantagens em cima dos demais atletas, o que eu não acho justo. Pois a competição tem que dar condições iguais a todos os competidores.

Por Solange Ramos Burmann
em 30-08-2011, às 22h59.

Concordo com você, pois a participação do Oscar Pistoriusnas causou muita polêmica, mas não devemos deixar de acreditar que somos capazes de vencer , mesmo tendo a inclusão , porque faz parte da nossa vida.

Por Frederico Goecking de Deus
em 30-08-2011, às 23h14.

Concordo que a inclusão é importante, mas deveria ser feito um estudo, ananlisando a qualidade de um atleta normal corendo e do Pistorius correndo, para assim, criar uma forma da protese não lhe gerar  vantagem, pelo menos eu não sei se isso foi feito!!

Por Georgea Gabriane Ribeiro Pereira
em 30-08-2011, às 23h22.

Devos sempre trabalhar com a inclusão, mas temos que limitar algumas cituações. Se tratando de competições acredito qe a tecnologia acaba favorecendo e muito o atleta em questão.

Por Georgea Gabriane Ribeiro Pereira
em 30-08-2011, às 23h23.

Concordo que deve sempre trabalhar com a inclusão, mas temos que limitar algumas cituações. Se tratando de competições acredito qe a tecnologia acaba favorecendo e muito o atleta em questão.

Por Fábio Procópio Soares Bento
em 30-08-2011, às 23h54.

Acredito que o Pistórios pode ter sido favorecido pela protese? Talvez. Mas ele com o uso deles se igualou a um Homen normal, correndo rapido com um Usain Bolt, será que ele competindo com ele ficaria de igual para igual? E se o Bolt ganhasse, o Bolto superaria ate a tecnologia, acredito que o Pistórios não leva vantagem nenhuma sobre os outrso ate que realmente se prove o contrario!!

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2014 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.