Educação Física Escolar

Ponto de Encontro dos Profissionais, Estudantes e Pesquisadores

Entrar na Comunidade

As Lutas na Educação Física Escolar



Baseando-me nas palavras de Heraldo Simões Ferreira: Notei que o as lutas apesar de serem um bloco de conteúdo previsto na proposta dos Parâmetros Curriculares Nacionais, não são utilizadas pela maioria dos professores de Educação Física. Entre os motivos para esse acontecimento encontramos: falta de instrução para lecionar, falta de condições estruturais oferecidas pela escola e alguns até pensam no conteúdo como inadequado para a Escola.

 

Artigo na integra: http://www.revistadeeducacaofisica.com.br/artigos/2006.3/aslutas.pdf

 

Diante do fato apresentado, queria saber de vocês colegas do CEV o que pensam sobre tal assunto, e o que sugerem para melhoria e maior inclusão do conteúdo lutas nas aulas de Educação Física Escolar.

Comentários

Por Janaina Silva
em 22-09-2011, às 17h25.

Acredito que a falta de inclusão do conteúdo lutas nas aulas de educação física escolar, se deve principalmente pela falta de conhecimento que os professores têm deste conteúdo, pela falta deste em sua graduação, uma vez que, são poucas as instituições de ensino superior que oferece este conteúdo na grade curricular do curso de educação física. Concordo que este conteúdo deve sim ser trabalhado nas aulas de educação física escolar, não só por fazer parte dos PCNs como acho extremamente importante o professor trabalhar com um número maior de conteúdos em suas aulas e proporcionar uma aprendizagem completa da modalidade. Um bom começo são os cursos de capacitação para os professores, interesse por parte do professor em se trabalhar com este conteúdo em suas aulas e a inclusão obrigatória das lutas na grade curricular das instituições de ensino superior.

Por Luan Carlos Guimarães Souza
em 23-09-2011, às 18h08.

 O conteúdo de lutas é muito rico.

  È uma forma de se ensinar um esporte que está totalmente ligado com nossa área. Não acho que seja uma dificuldade trabalhar lutas na escola, e o fato do curso superior não enfatizar esse conteúdo também não acho que seja uma barreira para nós que gostamos de lutas e queremos levar este conteúdo para escola, só depende da gente estudar por fora fazer curso e tentar pelo menos levar uma modalidade de luta que agente tenha mais afinidade, séria com certeza inovador, e os alunos gostariam muito, pois uma forma de educar para  que eles tenham conhecimento a mais.

Por Emiliana Silva Carneiro
em 23-09-2011, às 20h54.

Acredito na importância de todos os conteúdos para as aulas de Educação Física, como Lutas, mas o que enfrentamos na realidade, não é o fato de não ser oferecido nas grades da graduação, ou mesmo a falta de capacitação dos professores, o que percebi até então, é um desinteresse, em sua maioria por parte dos alunos, em aprender algo novo. Na minha opinião, os alunos querem que as aulas de EFI sejam um momento de lazer, onde eles podem ficar longe do espaço fechado de uma sala de aula, sem muita cobrança, ou aqueles alunos que preferem optar por uma modalidade esportiva, para competir ou apenas se divertir.

No meu ponto de vista, o conteúdo Lutas seria uma ótima alternativa para ser trabalhada nas escolas, porém, assim como a Dança, dificilmente é aceito pelos alunos, e mesmo por alguns professores, mas necessitaria de apoio de toda a comunidade escolar, não que não seja possível dar uma aula ou outra, ou mesmo buscar por ajuda de alguém que entenda melhor de lutas para incluir este conteúdo nas aulas, porém é muito desmotivante planejar aulas e não ver os objetivos serem atendidos (neste caso, me refiro ao desinteresse de alunos).

Por Gustavo Pereira de Paula
em 23-09-2011, às 21h02.

Com certeza o conteúdo, tem um certa fragilidade ao se trabalhar na escola. O professor tem de estar bem instruido, e saber lidar com muitas situações. Pois mesmo que diga que não é violento, vai ter uma hora que terá o contato, e corre risco de machucar. E tambem a questão de disciplinar os alunos, pois ficam mais corajosos por estar fazendo algum tipo de luta, logicamente que se for pensar por este lado, se o professor instruir bem os alunos e esducalos, esse aprendizado e disciplina serão de grande importancia para o desenvolvimento do aluno.

Por Patricia Santos Carneiro
em 24-09-2011, às 10h34.

Acredito que possa sim ser dado o conteúdo lutas na escola, porem é pouco visto e explorado por falta de recursos materiais e principalmente falta de conhecimento. Mais isso não significa que não se podem dar aulas. Cabe aos professores interessarem pelo assunto e também os alunos. Pois a maioria dos alunos não quer fazer Educação física, só querem ficar sentados ou têm aqueles que não se interessa por outros esportes.

Por Daniel Júlio de Araújo
em 25-09-2011, às 17h20.

Em minha opinião acho que o conteúdo de lutas devia ser trabalhado sim nas instituições escolares públicas e privadas, visto que é uma disciplina que oferece uma variedade de práticas corporais de movimento e também um vasto conteúdo teórico. Além do fato dos professores não lecionarem este conteúdo seja pelas situações descritas acima (“falta de instrução para lecionar, falta de condições estruturais oferecidas pela escola e alguns até pensam no conteúdo como inadequado para a Escola”), creio que a própria escola veta está disciplina, por acreditar que esta irá instigar a agressividade por partes dos alunos.  

Por Waldir de Meira Albuine
em 28-09-2011, às 11h09.

Por Mayra Pereira de Jesus
em 30-09-2011, às 23h14.

Creio que a luta é um conteúdo que vem acrescentar as aulas de educação física na escola. É novo, tem várias possibilidades desde as mais simples as mais complexas. Para mim a falta de instrução do professor na graduação não o impossibilita de lecionar lutas, ele pode se “atualizar” através de cursos, livros, entre outros, basta quererem, ter boa vontade em aprender. Em relação à falta de estrutura adequada, também se dá um jeito, pois se quiser o professor tem inúmeras possibilidades de adaptar as atividades do desporto ao ambiente que lhe é fornecido. O que pode dificultar o trabalho com este conteúdo é o preconceito por parte dos alunos, dos pais, da escola, por não conhecerem o desporto acreditam que ele venha incentivar a violência, a agressividade, o que ser for trabalhado corretamente não ocorrerá, pelo contrário ele acrescentar valores que ajudarão na formação de indivíduos melhores.

Por Elizabete Lacerda da Silva
em 03-10-2011, às 18h52.

lutas na educação fisica escolar.

Acho que professores que estão inseridos nas escolas se sentem "despreparados" em tratar este tema, de certa forma, "novo" na escola,e que para desenvolver o conteúdo de lutas na Educação Física escolar, precisa, necessariamente, ter tido vivências de lutas no seu cotidiano de vida, ou ser um especialista em alguma modalidade de luta. Porém acho que não existe da parte dos alunos enteresse em aprender algo novo,o que desmotiva o professor.

Porém acredito ser uma boa alternativa para ser trabalhada na escola, assim como a dança.

Por Giovani Augusto de Queiroz
em 16-10-2011, às 12h01.

Apesar de ser um conteúdo previsto nos PCN’s o ensino de lutas é dificultado por uma série de fatores entre os quais a falta de aprofundamento dos professores, pois nos cursos de formação tem-se apenas um conhecimento superficial do assunto gerando uma insegurança para uma prática eficiente; falta de estrutura das escolas em oferecer roupas adequadas para as lutas, tatames que podem colocar em risco a vida dos alunos e a própria conjuntura de nosso sistema educacional que convive com conflitos sociais e econômicos mal trabalhados que podem transformar a luta em um incentivo a violência que só levaria a mais preconceitos para a prática das lutas na educação física escolar.

Por Thaiene Aliane de Vasconcelos
em 18-10-2011, às 08h44.

Eu concordo sim que a Luta deveria ser inserida como uma atividade escolar, pois além de proporcionar aos alunos vários movimentos corporais, vai também mostrar a eles que usar desses movimentos para brigas não é o correto, e eles teriam uma melhor noção do que é luta e do que é briga, e às vezes, passariam a olhar de uma forma diferente para esta modalidade, não achando que é briga, e sim uma atividade física. E na minha opinião a melhor forma de inserir essa modalidade para os alunos, é começar com uma pequena introdução do assunto nas aulas, mostrando como era antigamente, sem muitas regras que era visto de forma totalmente diferente do que é hoje, e mostrando a eles a realidade desta modalidade, para depois eles começarem a "tratar" tal como uma prática corporal, ou seja, uma atividade física escola.

Por Larah Veggi
em 20-10-2011, às 19h27.

Se vocês ainda têm dúvidas se devem ou não trabalhar luta nas escolas, tirem um tempo livre e visitem uma aula de artes marciais em uma academia pra vocês conhecerem melhor, como a arte marcial é bonita, disciplinada e trabalha muito a cultura corporal tão presente na Educação Física. È umas das melhores oportunidades de você como professores conseguir disciplinar os seus alunos e ter um do convívio sócio-afetivo para um melhor trabalho na escola.

Por Thúlio Luiz
em 20-10-2011, às 23h02.

Ao contrário do que muitos pensam, as lutas de maneira geral são de caráter disciplinador, pois, num tatame ou em qualquer outra área de luta, deve-se antes de tudo respeitar seu oponente. Deve-se respeito também ao mestre ou neste caso o professor que alí comanda os alunos. Acredito que para se trabalhar o conteúdo lutas na escola, devemos fazer com que nossos alunos entendam antes de tudo a diferença entre lutar e brigar, pois desta maneira fica mais fácil de se trabalhar sem que haja problemas futuros como brigas fora da escola. O aluno deve entender que lutar é um esporte, e que brigar não faz parte do mesmo.

Por Waldir de Meira Albuine
em 22-10-2011, às 12h46.

As lutas na Educaço Fisica  Escolar tem uma importancia muito siginficativa devido a conciencia disciplinar que as artes marciais proporcionam no desenvolvimento de sua  pratica.Alem disso nao se deve ensinar somente a execuçao dos movimentos , mas sim de forma que percebam que tais movimentos tem uma historia e uma motivaçao para existir.E importante ressaltar que a introduçao da  pratica deste desporto deve seguir uma contuda padrao ,fulcrada na progressao pedagogica e na evoluçao psicomotora da criança. Entao as lutas podem ser praticadas na aulas de Educaçao Fisica Escolar desde que as atividades sejam adequadas a faixa etaria enfocada ,respeitando os limites fisiologicos ,estruturais e psicologicos da criança,pois o conhecimento do proprio corpo e de seus limites ajuda  na formaçao do aluno.

Por Priscila Medeiros Aquiles
em 26-10-2011, às 19h23.

Em minha opinião acredito que todos os conteúdos devem ser trabalhados e com o conteúdo Lutas não deve ser diferente. Apesar de ser um conteúdo pouco visto em nossa graduação, cabe a nos professores estarmos motivados e motivar nossos alunos para que eles tenham uma vivência diferente de tudo que está acostumado ter em suas aulas de Educação Física. Cabe também mostrar aos alunos e até mesmo a escola que no primeiro momento podem ter certo receio de ser trabalhado o conteúdo Lutas, pelo fato de se pensar que possa despertar nos alunos a violência, mas que na verdade pode trazer vários benefícios, tanto para a prática corporal, quanto para a questão de integração e socialização entre os alunos.

 

Por Rony Abelardo Corrêa Vaz
em 09-11-2011, às 20h25.

O conteúdo Luta pode e deve ser trabalhada nas aulas de Educação Física, pois a partir de um bom conhecimento do professor, ele pode desenvolver junto aos alunos amplas possibilidades para a prática, educando e orientando eles que por ser um esporte de contato, aparentando ser violento, mais que a verdade irá proporcionar vários benefícios, tanto para a prática corporal, quanto para o relacionamento sócio-afetivo.

Por Patrícia Arantes de Queiroz
em 10-11-2011, às 00h18.

Eu também concordo que a Luta pode ser inserida nas aulas de Educação física. Se o professor orientar bem seus alunos alertando que a luta não é uma briga, se orientar mais sobre o assunto ou também, ministrar aulas com uma visão mais lúdica sem pensar somente no aprendizado da luta daria muito certo sim. Há várias brincadeiras que podem ser passadas aos alunos, possibilitando o trabalho das capacidades e habilidades dos alunos, oferecendo uma variedade de práticas corporais de movimento. Eu fiz a matéria período passado de lutas onde a maioria do conteúdo dado foi para a inserção da luta na escola. Eram brincadeiras super interessantes e atrativas.

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2014 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.