Esporte Universitário

Ponto de Encontro dos Profissionais, Estudantes e Pesquisadores

Entrar no Grupo

Essa comunidade migrou para o Facebook. Participe: https://www.facebook.com/groups/cevesporteuniversitario/

O Negócio do Esporte Amador Universitário



Cevnautas do Esporte Universitário,

Tem muita gente sonhando em profissionalizar o esporte universitário. Esse filme pode ajudar na discussão. Agradeço ao Adriano Pires http://cev.org.br/qq/adpcampos/ a tradução da sinopse.

"Acaba de ser lançado, nos Estados Unidos, o documentário The Business of Amateurs ou 'Negócios do Esporte Amador' (em tradução livre). Trata-se de importante registro crítico sobre os impactos negativos da indústria do esporte nas universidades americanas. Aborda-se, principalmente, o papel da NCAA (a liga universitária americana) na exploração física e emocional de atletas que demonstram potencial para o milionário esporte profissional americano. Dentre outras acusações, o autor ressalta que a NCAA coloca seus interesses acima dos direitos e até mesmo do bem estar físico de atletas amadores. Lançado pela Amazon, o documentário ainda não está disponível no Brasil.

Fonte: https://sports.vice.com/en_us/article/in-new-documentary-former-usc-football-player-bob-demars-sheds-light-on-the-dark-side-of-college-sports

Comentários

Por Rafael Alves
em 08-04-2017, às 20h19.

Caro Laercio, este assunto é bem interessante e dificil de chegar a uma conclusão final, mas é importante debater.


Vou citar aqui um conteudo que via anos atrás sobre isto:
"Para o professor de Políticas Públicas do Esporte e vice-diretor do Setor de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Fernando Mezzadri, a formação de atletas dentro das universidades brasileiras não é eficiente porque o país teria ficado no meio do caminho entre dois modelos: o norte-americano, que forma atletas no sistema educacional, e o europeu, que atribui aos clubes essa responsabilidade. “Não temos um campeonato universitário forte por causa disso. Enquanto não tivermos um sistema nacional de esporte bem definido, não avançaremos”.

Se nem mesmo o governo brasileiro da atenção com as IES do país, limitando recursos e afins, como desenvolvemos o esporte neste caso? Fica dificil.


A matéria complementar que citei aqui ta neste site, caso queiram ler
http://www.gazetadopovo.com.br/educacao/um-modelo-de-fazer-inveja-aos-brasileiros-azubpq4bm787fhvin4ql604zy

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2017 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.