História da Educação Física e dos Esportes

Ponto de Encontro dos Profissionais, Estudantes e Pesquisadores

Entrar na Comunidade

Artigo Sobre o Sumô



RELATOS SOBRE O SUMÔ ONTEM E HOJE NO BRASIL E NO MUNDO Rafael Carvalho da Silva Mocarzel

RESUMO

O Sumô é uma arte marcial milenar que se confunde com a história do Japão, sendo assim, uma manifestação profundamente cultural asiática. Tem uma grande representatividade desportiva e filosófico-religiosa no Japão; mesmo assim enfrenta dificuldades de crescimento e não apenas no exterior. Através da revisão de literatura, observou-se que o Sumô teve uma expansão no século XX, porém grandes dificuldades no século XXI. Hoje, a carência de incentivo, apoio e estudos sobre ele contribuem com suas dificuldades de crescimento.

PALAVRAS-CHAVE

história do esporte; lutas e artes marciais; sumô

https://periodicos.ufsm.br/kinesis/article/view/23188/pdf

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2316546423188

 

Comentários

Por Laercio Elias Pereira
em 04-12-2016, às 18h58.

Rafael, Cevnautas,

O artigo está indexado no CEV com lilnk para a página do autor (onde tem apresentação, Lattes e o contato)

http://cev.org.br/biblioteca/relatos-sobre-o-sumo-ontem-e-hoje-no-brasil-e-no-mundo/

Laércio

Por Coriolano Pereira da Rocha Junior
em 05-12-2016, às 11h23.

  Caros colegas,

Amanhã, 5/12, começa o Seminário Memória das Olimpíadas: múltiplos olhares.
O evento segue no dia 6 de dezembro e será realizado na Fundação Casa de Rui Barbosa

Nessa ocasião, apresentaremos resultados parciais do projeto que estamos desenvolvendo desde agosto. Abaixo segue a programação completa.
  O Seminário será transmitido ao vivo pela internet. O link será disponibilizado no portal da Casa de Rui amanhã de manhã.



SEMINÁRIO MEMÓRIA DAS OLIMPÍADAS: MÚLTIPLOS OLHARES


O presente Seminário integra o projeto “Preservação da Memória das Olimpíadas: processos e ações”. O projeto pretende recuperar, preservar e disponibilizar parte da memória do processo de construção de um projeto de uma cidade olímpica no Brasil, a partir de três eixos temáticos: esporte, cultura e cidade. O Seminário tem como objetivo ampliar o debate e permitir novos olhares que se somam às informações coletadas pela pesquisa coordenada pela Fundação Casa de Rui Barbosa, em parceria com o CPDOC/FGV.





Dia 05



9h30 – Mesa 1:  O Projeto Memória das Olimpíadas

Memória das Olimpíadas: o projeto

Lia Calabre (FCRB)



A produção de informação e a memória do Processo Olímpico

Juliana Carneiro (UFF e APO)



A organização de um acervo documental sobre as Olimpíadas e Paralimpíadas de 2016

Carla Siqueira (PUC-Rio)

Memória dos Jogos Rio 2016: desafios metodológicos da construção de um acervo de história oral

Vivian Fonseca (CPDOC/FGV e UERJ).





12h – 13h30 Intervalo





13h30 – Conferência

A Cidade Pós-Olímpica: um Balanço Provisório

Carlos Vainer (Coordenador do Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ)





15h – Mesa 2: Olhares esportivos

Entre Gaudí e o Dragão Chinês: a experiência olímpica Rio 2016

Gilmar Mascarenhas (UERJ)



Megaeventos esportivos, opinião pública e mídia: um balanço da cobertura midiática e das pesquisas quantitativas sobre os Jogos Olímpicos Rio 2016

Bernardo Buarque (FGV-CPDOC); Jimmy Medeiros (FGV-CPDOC); e Luigi Bisso (FGV-CPDOC)



Pela memória da Cidade  Esportiva: o Rio de Janeiro e as competições esportivas internacionais

João Manuel Casquinha Malaia Santos (USP)



Mediador - Mauricio Drumond (UFRJ e USU).





Dia 06





10h - Mesa 3: Olhares culturais



Cultura nos espaços públicos: entre a livre circulação e o controle de acesso, ocupação espontânea, política pública e interesse privado

José Mauro Gnaspini (Virada Cultural de SP e APO)



Sobre vaias: considerações acerca do jogo político (political game) e da brincadeira política (political play)

Viktor Chagas (UFF)



Política cultural, jogos olímpicos e os valores da criatividade e da diversidade.

Alexandre Barbalho (UECE e UFC)



A museologia que não serve para a vida, não serve para nada

Mário Chagas (UniRio e Museu da República)



Mediadora - Eula Cabral (FCRB).







14h30 - Mesa 4: Olhares Urbanos a partir dos movimentos sociais



Porto do esquecimento: resistência negra e luta por moradia na área Central e Portuária

Glaucia Marinho (FEBF/UERJ e ex-moradora da Zona Portuária)



Resistência pelo Direito, História e Memória

Sandra Maria (moradora da Vila Autódromo e representante do Museu das Remoções)



Favelas cariocas e a militarização da vida

Gizele Martins (FEBF/UERJ e moradora da Maré)



Colônia Juliano Moreira: o que vai acontecer agora?

Jurema da Silva (União Nacional pela Moradia Popular)



Mediador - Samuel Thomas Jaenisch (IPPUR/UFRJ).









Local: Auditório da Fundação Casa de Rui Barbosa

Rua São Clemente 134 - Botafogo



Inscrições gratuitas (no local).



Mais informações: 55.21.3289-8610 e 3289-4600 – ramal 103.

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2016 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.