Karate

Ponto de Encontro dos Profissionais, Estudantes e Pesquisadores do Karate

Entrar na Comunidade

No Maranhão, Tem Seis Federações de Karatê...



Sei que o Laércio - e o Alê - vão dar broncas, mas vou repetir o titulo em todas as Comunidades... temos um Congresso marcado para Novembro, no periodo de 10 a 13, aqui, em São Luis do Maranhão.

Estamos arregimentando o pessoal - CEVNautas - de todas as Comunidades. ver quem virá. E preparando já para os trabalhos científicos que poderão ser apresentados. As inscrições logo estarão abertas, não é, Alê?

A (des)organização do evento prevê desconferencias... dentro da metodologia do ’open space’... e suas outras formas: café científico, sala aberta, aquário, desconferencia... para saber mais, entrem no CEV LEIS - Legislação e Direito Esportivo - onde foi feita uma se´rie de postagens sobre a organização e formas de participação.

A apresentação de trabalhos se dará desde já!!! o(s) autor(es) poderão gravar suas apresentações em vídeo, e postar no iútube; mandando avisar ao Alê, que disponibilizará a todos... os interessados no tema poderão assitir à apresentação via Internet, anotar suas dúvidas e outras questões, e durante o Congresso CEV, dentro dos cafés científicos ou das salas abertas, encontrar com os autores e ’bater um papo’... tendo já assistido à apresentação...

A vinda dos autores à São Luís se dará para esses encontros, de autores com uma temática semelhante, e verificar o estado-da-arte daquele tema. A reunião desses autores possibilitará, certamente, um avanço maior dos estudos. Prevê-se a formação, assim, de um ’colégio invisível’, com os autores comunicando-se entre sí, através das Comunidades.

A idéia, é tornar as Comunidades mais ativas. Promover o encontro intra e inter comunidades. Na área da Saúde/Médica, por exemplo, temos pelo menos 15 Comunidades... que tal promover um encontro de todas?

É isso, para melhor entender, entrem no CEV Leis e acompanhem as postagens sobre a organização... a Comissão Central Organizadora está aberta a novas sugestões e propostas...

Leopoldo

desde o Maranhão...

Comentários

Por Edson Madeira Silva
em 20-07-2010, às 14h45.

Caros amigos,
>
>
>No site da Confederação Brasileira de Karate (CBK) consta documentação importante para comprovação da oficialidade do karate > junto aos órgãos públicos no Brasil e internacionalmente. O certificado do
> COI está em inglês e francês, constando a FMK como entidade representante do esporte em questão,
> ressaltando que é a mesma coisa que WKF (World Karate Federetion).
>
> A nota de esclarecimento da CBK é em resposta a uma publicação que consta
> em uma confederação paralela, que infelizmente consegue enganar alguns karatekas, inclusive professores de educação física. Temos que denunciar, não o fato de existir outra
> entidade, já que é permitido pela legislação, mas sim pelo por enganar as pessoas que procuram o esporte para se informarem.
>
> Espero que nós professores de Educação Física, contribuamos com a educação
> de nosso povo, pelo menos em nossa área de atuação, neste caso informando
> o > correto a respeito da oficialidade do KARATE, junto ao COB, MEC e COI, além de outras entidades do desporto internacional, como por exemplo a ODEPA.
>

Favor visitarem o site do COB para informações, não se esquecendo que o karate consta dos parametros curriculares do MEC, assim como judo e capoeira, modalidades de luta contempladas neste programa curricular.

> Grande abraço à todos e em especial ao Professor/Mestre  Marco Antonio Machado, pela dica de divulgar na comunidade.


>
>

Por Luiz Roberto Nuñes Padilla
em 01-09-2010, às 12h58.

Prezados:

E eu que achei que o Rio Grande do Sul era problemático, porque chegamos a ter 4 entidades, supostamente, administrando o taekwonDo, além de duas no Karate. Soube, há pouco, que Pernambuco teria uma situação ainda pior.

De onde essa gente se acha a ponto de arvorar-se a liderar uma modalidade desportiva, INICIANDO por ignorar que ela já está organizada?

Será que tudo isto é conseqüência da famigerada "cultura" da superficialidade?

 

O FeBeGeAPa ?

Festival da Besteira Geral que Assola o Pais?

http://www.youtube.com/view_play_list?p=9B851D9997D7B494

Porque de não dar importância à pensar ?

Não fazer as melhores escolhas: Como na atitude de quem, aparentando trabalhar, e até apresentando consideráveis estatísticas de produtividade - p.ex. movimenta processos, decide questões - contudo, utiliza mecanismos de solução rápida e superficial, sem examinar e ponderar todas as informações.

Creio que, após pensar sobre o que acontece,  concordarás comigo em que fazer as melhores escolhas, exige informações de boa qualidade e um esforço para compreender. E isto consome muito mais energia e tempo do que escolhas apressadas.

O excesso de informações confunde? Desvia o foco do pensamento? Contribui para a dominação?

"É impossível saber tudo e acertar sempre logo a celeridade é mais importante do que a segurança." isso é uma falsa relação de causa e efeito!

Se o exame cuidadoso aumenta as chances de escolhas corretas, a solução rápida produz muitos erros, e transforma justiça, algo sério, numa loteria: No lugar de vencer quem tem razão, a vitória é de quem tem sorte ou influência?

A quem aproveita, e a que grupos beneficiam essa crença e inversão de valores?

É muito mais fácil e rápido buscar um único motivo para indeferir, do que analisar toda a prova para concluir pelo direito, e ainda ter que mensurar o dano!

A improcedência de pleitos justos, com a impunidade dos maus, estimula a audácia e fomenta comportamentos ilícitos?

J

O uso da linguagem para dominar, não é uma novidade:

Há 1/4 de século, o Prof.Dr.Luiz Fernando Coelho o sintetizou numa Tese de Livre Docência:

“Teoria Crítica do Direito”.

Revela o direito como instrumento de dominação.

Resumimos, as 500 laudas da tese, na RDC-RT v.49/21-3, em 3 páginas, também em:

www.padilla.adv.br/teses/normas

A distorção, na aplicação do direito, o exercício superficial do poder, compromete as liberdade, democracia e dignidade?

O povo que o aceita, como “normal”, foi "robotizado"?

Controlando a informação e o processo de pensamento, a "indústria de consumo" transforma as pessoas em engrenagens para ampliar o lucro?

Podemos libertar o processo de pensamento da manipulação?

Como proteger-nos dos bigbrothers e lobistas, e clarear as idéias?

http://www.youtube.com/view_play_list?p=9B851D9997D7B494

 

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2014 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.