Legislação Desportiva - CEVLeis

Ponto de Encontro dos Profissionais, Estudantes e Pesquisadores

Entrar no Grupo

Essa comunidade migrou para o Facebook. Participe: https://www.facebook.com/groups/cevleis/

Cas Confirma Data de Julgamento de Cesar Cielo



CAS confirma data de julgamento de Cesar Cielo
13 de julho de 2011 • 13h04 • atualizado às 13h27

A Corte Arbitral do Esporte (CAS) anunciou nesta quarta-feira que o nadador Cesar Cielo e outros três nadadores brasileiros serão ouvidos a partir do dia 20 de julho, em Xangai, na China. Em seguida, o tribunal irá analisar os depoimentos e as provas para anunciar no dia 22 se haverá punições pelo antidoping positivo por furosemida.

Cielo, Nicholas dos Santos, Henrique Barbosa eVinicus Waked foram apenas advertidos pelo painel da CBDA (Confederação Brasileira de Esportes Aquáticos) pelo doping positivo, durante o Troféu Maria Lenk, em maio. No entanto, a Fina (Federação Internacional de Natação) apelou e levou o caso à Corte.

Por essa razão, Cielo corre sério risco de não poder defender os títulos mundiais dos 50 e 100 m livre, obtidos em Roma 2009, no Mundial de Xangai, marcado de 24 a 31 de julho.

Na defesa, o campeão olímpico dos 50 m e os outros nadadores alegam que o complemento alimentar usado estava com contaminação cruzada.

Veja o comunicado do CAS:
Depois do registro dos quatro recursos feitos pela Federação Internacional de Natação contra Cesar Cielo, Nicholas dos Santos, Henrique Ribeiro Marques Barbosa e Vinicus Rocha Barbosa e a Confederação Brasileira de Esportes Aquáticos (CBDA), a Corte Arbitral do Esporte (CAS) confirma que essa questão será resolvida da maneira agilizada.

O Painel do CAS irá ouvir todas as partes envolvidas em Xangai, no dia 20 de julho, com algumas partes e testemunhas participando via vídeo conferência. A audiência deverá durar um dia e maio. Depois, o painel arbitral irá começar as suas deliberações e tomará a sua decisão final não antes de 22 de julho, no final do dia (horário suíço).

Em seu recurso, a Fina solicita que as advertências emitidas pela CBDA sejam substituídas por um período de inelegibilidade e que os resultados obtidos pelos atletas desde a data da coleta da amostra (7/8 de maio de 2011 dependendo do atleta envolvido) até o começo do período de inelegibilidade sejam anulados.

Entenda o caso
O velocista Cesar Cielo teve resultado adverso para a substância proibida furosemida em um exame antidoping feito no Troféu Maria Lenk, realizado em maio, no Rio de Janeiro. Além do campeão olímpico e mundial, outros três nadadores brasileiros também foram flagrados: Nicholas Santos, Vinícius Waked e Henrique Barbosa.

De acordo com nota da CBDA, divulgada em 1º de julho, os envolvidos declinaram do direito de realização da amostra B e definiram com precisão como o diurético entrou no organismo, o que comprovaria que não houve aumento dos seus desempenhos. Desta forma, a entidade optou apenas por uma advertência aos quatro atletas, uma vez que não foi identificada culpa ou negligência por parte deles no episódio. O próprio Cielo, em nota oficial divulgada posteriormente, disse que "em nenhum momento fui imprudente ou negligente ou usei de imperícia". Por essa razão, o brasileiro poderá disputar o Mundial de Esportes Aquáticos, de 16 a 31 de julho, em Xangai. O mesmo não acontecerá com Henrique Barbosa e Nicholas Santos, que tinham obtido seus índices no Maria Lenk e tiveram seus tempos anulados.

A situação dos atletas, no entanto, ainda não está totalmente definida. Já que a Fina resolveu recorrer à CAS para tomar uma decisão se os quatro devem ou não ser punidos pelo uso da substância, seguindo as regras das leis antidoping da Fina, o julgamento ocorrerá até o próximo dia 24.

Dos quatro flagrados no exame, apenas Henrique Barbosa não faz parte do P.R.O 2016 (Projeto Rumo ao Ouro), idealizado por Cielo com vistas a Olimpíada do Rio de Janeiro. O nadador é também um dos destaques do Flamengo. No Troféu Maria Lenk, competição na qual os atletas foram flagrados, Cielo foi surpreendido pelo compatriota Bruno Fratus na prova dos 100 m nado livre, uma de suas especialidades, ficando em segundo. No entanto, levou ouro nos 50 m livre, 50 m borboleta e nos revezamentos 4x50 m livre, 4x100 m livre e revezamento 4x100 m medley. Todos os resultados dele e dos outros nadadores flagrados na competição foram cancelados.

Menos conhecido entre os quatro nadadores, Waked, 23 anos, já havia sido suspenso por dois meses ainda neste ano por uso da substância isometepteno. Na época, ele se defendeu alegando que utilizou um remédio para dor de cabeça.

Mais notícias de Esportes Aquáticos »
Terra
fonte
http://esportes.terra.com.br/esportesaquaticos/noticias/0,,OI5239625-EI15529,00-CAS+confirma+data+de+julgamento+de+Cesar+Cielo.html/

TAS-CAS http://www.tas-cas.org

Comentários

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.