Legislação Desportiva - CEVLeis

Ponto de Encontro dos Profissionais, Estudantes e Pesquisadores

Entrar no Grupo

Essa comunidade migrou para o Facebook. Participe: https://www.facebook.com/groups/cevleis/

Semana Marcílio Krieger Notícias



Período:  19(qui) a  25(qua) fev 2015

Organização:(ONG) CEV Iniciativa: CEVLEIS, Comunidade Legislação Desportiva CEVLeis   Participação livre: a) depoimento em vídeo  contatar laercio@cev.org.br p orientação; b) depoimento ou  registro via mensagem na CEVLEIS (tradicional); c) outras  formas (arquivos,fotos,etc) contatar laercio@cev.org.br   alberto puga,moderador

Comentários

Por Alberto Puga
em 16-02-2015, às 20h37.

e-m- r-e-g-r-e-s-s-i-v-a-

atenção 'cevmarcilianos/as'!!!

alberto puga,moderador

Por Laercio Elias Pereira
em 19-02-2015, às 18h42.

Cevnauta das Leis,
  Atendendo à convocação do nosso Administrador Dr Alberto Puga Barbosa dou por aberta a Semana Marcilio Krieger.
  Durante esta semana vamos postar mensagens e enviar endereços de vídeos (do Youtube) com depoimentos e histórias com o Dr. Marcílio.
 

O movimento será feito a partir desta apresentação, mantendo o debate "Marcilio Krieger".

No dia 25 postaremos todos os documentos (vídeos e textos) no Painel Semana Marcílio Krieger, a ser instalado nos eventos do CEV.

Bom trabalho a todos. Parabéns, Dr. Puga pela iniciativa e empenho.

Laércio

Por Alberto Puga
em 19-02-2015, às 19h01.

O legado jvs sportivvs do advogado

Marcílio Krieger

 

 

 

 

         O presente ensaio tem por objetivos: a) destacar a atuação profissional pelo uso da ferramenta internet na geração do conhecimento, a doutrina on-line, nas ‘Listas de Discussão’ – Cevleis e, ‘Comunidade Legislação Desportiva CEVLeis’ do Centro Esportivo Virtual – CEV http://cev.org.br/comunidade/legislação, sob a Coordenação Geral do Professor Doutor Laércio Elias Pereira. Descrição da Lista: Traz informações sobre eventos, publicações, programas, estudos-de-caso, doutrina, jurisprudência, júri virtual simulado,decisões, acórdãos na área de abrangência da Lista.Espaço virtual coletivo de discussão/debate da legislação desportiva brasileira e internacional, direito desportivo brasileiro e internacional e ciências afins, funcionando desde  19 de setembro de  1997;
 b) homenagear in memoriam  o advogado e anistiado político Marcílio César Ramos Krieger, falecido em Florianópolis/SC em 25 de fevereiro de 2010.

 

O cenário de  recepção

         Na ‘Ilha da Magia’, na segunda quinzena de  outubro de 1998, dias 16 a 18 de outubro de 1998, precisamente em 17 de outubro de 1998, realizava-se  uma palestra sobre Justiça Desportiva no II Meeting Internacional de Esportes, evento organizado por Adalir Pecos Borsatti, cuja programação incluía o advogado Marcílio Krieger.

         A única referência que tínhamos de Marcílio era o livro Comentários ao Código Brasileiro Disciplinar de Futebol  (Forense,1997).

         No dia seguinte, por intervenção de Marino Tessari, fui recebido na casa de Marcílio, onde  ali o meu exemplar da  obra  acima citada recebeu o ‘autógrafo’ e mais : presenteou-me o Código Brasileiro Disciplinar de Futebol Anotado e Legislação Complementar (Terceiro Milênio,1996).

         A propósito, falei-lhe da Missão do CEV, e da Cevleis, obtendo resposta positiva ao convite  formulado, assim expresso: “Sim! Aceito Compadre! Quando começo?”.

         Assim, iniciou a ‘Era Marciliana’ na Cevleis, suspensa com o falecimento

do  Mestre em 25.02.2010. Foram doze anos incompletos de intensa atividade na produção do conhecimento em legislação, justiça e legislação de esporte, nacional e internacional.

 

A produção e difusão do conhecimento on-line

         Uma técnica de motivação e de interatividade foi construída por Marcílio, ou seja, a ‘maiêutica marciliana’, pelas perguntas e respostas provocadoras de ‘novas idéias’, ‘novas interpretações’, integrando Direito e (D)Esporte(o).

         Nosso Mestre, dominava com habilidade, competência e argúcia a palavra (escrita e falada),com fundamentação segura. Foi um hermeneuta, exegeta de  escol.

         Tornou-se o recordista de mensagens Cevleis.

 

Obras que geraram doutrina

          CÓDIGO BRASILEIRO DISCIPLINAR DO FUTEBOL ANOTADO E LEGISLAÇÃO COMPLEMENTAR (96), Terceiro Milênio; COMENTÁRIOS AO CÓDIGO BRASILEIRO DISCIPLINAR DO FUTEBOL (97), Editora Forense; LEI PELÉ E LEGISLAÇÃO DESPORTIVA BRASILEIRA ANOTADAS (99), Forense e Gryphus;  ANOTAÇÕES AO CBJD E LEGISLAÇÃO DESPORTIVA(2007) OAB/SC Editora; EXAME DE ORDEM (Organizador) (2000), Editora OAB/SC.

 

Vivências & Experiências de MK

         Advogado Dativo, Defensor,Procurador TJD futebol SC; Auditor do Pleno STJD futebol; Membro CED/SC;Presidente  do  Instituto Catarinense de Direito Desportivo e da Comissão de Direito Desportivo OAB/SC; Advocacia Pro Bono Esporte brasileiro;Magistério de Graduação (TCC) e Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Desportivo;Sócio Benemérito do IBDD e Instituto Iberoamericano de Derecho Deportivo.

 

TJD/SC Medalha Marcílio Krieger

         Eternização de  MK nas palavras de Robson Vieira: Resolução nº 003/2011

         http://www.fesporte.sc.gov.br/antigo/index.php?option=com_content&view=article&id=848:tjd-entrega-medalha-marcilio-krieger-em-dezembro&catid=351:noticias&Itemid=346

         Parafraseando Paulo em epístola a Timóteo: Marcílio! Fostes atleta coroado vencedor, e  competistes de acordo com as regras (2 Timóteo 2,5); combatestes o bom  combate, terminastes a corrida, guardastes a fé (2 Timóteo 4,7). Marcílio! Vives eternamente em nossos corações!.

 

É o breve ensaio!

 

Muito Obrigado, Mestre Marcílio!

 

Seu discípulo  Alberto Puga

 

Agradecimentos: Laércio Elias Pereira, Marino Tessari, Robson Vieira, Família Krieger, em especial D.Perpétua, Bia, Antônio, Olga.

 

 

 

        

 

 

 

 

 

Por Alberto Puga
em 20-02-2015, às 08h51.

texto encaminhado por Joacy Bastos  20.02.15 com pedido de  publicacao

AO IMORTAL DO DIREITO ESPORTIVO BRASILEIRO MARCÍLIO KRIEGER

AVOCADO A FALAR SOBRE A FIGURA DO INESQUECÍVEL AMIGO MARCILIO KRIEGER,
O FAÇO COM MUITO ORGULHO O REGISTRO A GRANDIOSIDADE DESSE DESTACADO
JURISTA DO ESPORTE, PELO SEU COMPORTAMENTO ÉTICO NA DEFESA DO DIREITO
E DA JUSTIÇA DESPORTIVA BRASILEIRA.

CONVIVI COM O MESTRE MARCILIO KRIEGER NO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
DESPORTIVA UNIVERSITÁRIA – STJDU, AO QUAL TIVE A HONRA DE PRESIDÍ-LO
EM UM CICLO DE GRANDEZA, NOTADAMENTE, EM RAZÃO DO RESGATE DAQUELA
CORTE SUPERIOR, E A SUA PARTICIPAÇÃO COMO AUDITOR NOS LEGOU UM NOTÁVEL
NÍVEL DE CONHECIMENTO.

A PROPOSITO, A CADA INTERVENÇÃO DO MESTRE MARCILIO, SEJA, NA
RELATORIA, NOS DEBATES, OU NA JUSTIFICATIVA DO SEU VOTO COM A SUA
HABITUAL CLAREZA, NA CONCLUSÃO DOS SEUS ATOS, NÃO HÁ DUVIDA EM AFIRMAR
QUE SE TRATAVA DE UM HOMEM ENGAJADO NA VIDA DESPORTIVA BRASILEIRA,
VOLTADO PARA O GOVERNO DAS LEIS E NÃO PARA O GOVERNO DOS HOMENS, AO
CELEBRAR O JUSTO E O PRÓPRIO TEMPO DA DEMOCRACIA.

DOMINAVA O CONHECIMENTO COMO NINGUÉM, PROPRIETÁRIO DE UMA EXPERIENCIA
INCONTESTÁVEL QUE O IMPULSIONAVA A DECIDIR COM SABEDORIA.

AUTOR DE NUMEROSAS PUBLICAÇÕES SOBRE O DIREITO E A JUSTIÇA DESPORTIVA,
REVESTIDAS DE PROFUNDA SABEDORIA CIENTÍFICA, MARCILIO FOI E CONTINUARÁ
SENDO O MESTRE VITALÍCIO PARA TODOS NÓS, PELOS ALTÍSSIMOS MÉRITOS NO
CAMPO DA ÉETICA, DA DIGNIDADE E DO SABER JURÍDICO ESPORTIVO.

A SUA OBRA É CONHECIDA, ADMIRADA E CITADA, COM MUITA FREQUÊNCIA, PELOS
ESTUDIOSOS DO DIREITO ESPORTIVO E POR TODA A COMUNIDADE QUE MILITA NA
JUSTIÇA ESPORTIVA BRASILEIRA.

OS SEUS ESCRITOS APRESENTAM UMA LINGUAGEM PURA, O SEU COMPORTAMENTO
NOS IMPRIME O RESPEITO, O SEU CONHECIMENTO A ADMIRAÇÃO PELA
EXPERIÊNCIA E SABEDORIA NO TRATO COM TODOS QUE PARTICIPAVAM DO SEU
CONVIVIO.

POR TUDO QUE ELE REPRESENTOU QUERO REGISTRAR O NOSSO VOTO DE LOUVOR
POR ESSA FIGURA EXTRAORDINÁRIA QUE FOI PARA TODOS NÓS QUE CULTUAMOS O
DIREITO E MILITAMOS NA JUSTIÇA DESPORTIVA, MARCÍLIO KRIEGER MARCOU
PARA SEMPRE PELO CIDADÃO E EXCEPCIONAL PENSADOR, QUE NOS ENRIQUECEU
COM O SEU SABER. “ESSE ERA O MARCÍLIO QUE TIVE A HONRA DE CONHECER”.

 Joacy Bastos - Cevelista - Ex-Secretário de Estado do Essporte e do
Lazeer do Rio G.do Norte- Ex-Presidente do Fórum Nacional dos
Secretários e Gestores do Esporte e do Lazer - Ex- Membro do Conselho
Nacional de Esporte - Auditor do STJDFS.

 

 

Por Alberto Puga
em 20-02-2015, às 11h25.

encaminhamento de mensagem a pedido de Luiz Cesar Cunha Lima  20.02.15

 

Após anos de admiração virtual por sua inteligência, generosidade, senso de humor e coragem, tive o privilégio de conhecer pessoalmente o professor Marcílio Krieger, cujos carisma e simpatia no trato humano direto ampliavam, infinitamente, a ótima impressão causada há tempos por suas mensagens na cevleis.
  Em julgamento no STJDU em Bsb/DF, em evento da Fiep em Foz do Iguaçu, em conferências nacionais sobre esporte, em seminários em SC, em todas as oportunidades, enfim, o decano catarinense do direito desportivo nacional sempre demonstrava grande conhecimento de causa e estimulava os jovens advogados a trilhar as inúmeras, e por vezes selvagens, veredas do estudo de um dos mais promissores e inexplorados ramos das ciências jurídicas.
  É com muito orgulho que posso exibir um exemplar autografado de uma de suas mais importantes obras. A maneira mais próxima que encontrei de retribuir ao saudoso professor Marcílio Krieger a generosidade e o carinho a mim dispensados foi incluindo-o no rol de agradecimentos do livro "Direito Desportivo" (editora Del Rey, 2014) e dedicando ao inesquecível mestre o capítulo que escrevi em uma obra espetacular publicada pela OAB/SP. 
  Ao "bisavô" MK (pai da Vó Toinha só pode ser avô, né?), minhas eternas saudades.
  Ao mestre, todo o meu carinho.
  Abraços,
  César.  

Por Alberto Puga
em 21-02-2015, às 19h14.

mensagem  encaminhada por  Scheyla  Althoff   Decat  com  pedido de  publicação, em  21.02.15

Eu me chamo Scheyla Althoff Decat, filha de Tercio Decat e de Odette Althoff Decat. Sou advogada, escritora e professora. Moro e trabalho no Rio de Janeiro. A minha principal atividade é a advocacia, mas sou apaixonada e estudiosa do Direito Desportivo, tanto que escrevi o livro "Direito Processual Desportivo"  já na sua segunda edição. Sou co-autora, também,  da obra "Curso de Direito Desportivo Sistêmico" - Vol. II., além de ser Presidente do Tribunal de Justiça Desportivo da Federação Aquática do Estado do Rio de Janeiro - FARJ.

Infelizmente não tive a oportunidade e o privilégio de conhecer o Marcelo Krieger pessoalmente, mas passei a saber quem é o Mestre através da obra que faz parte da minha biblioteca " Código Brasileiro de Justiça Desportiva - Comentários e Legislação" editado pelo Ministério do Esporte em 2004,  pelos inúmeros artigos em sites na internet e pela Cevleis. Fiquei maravilhada com seu trabalho, a sua forma de pensar e suas colocações no que concerne ao Direito Desportivo. Posso dizer que assim como o Dr. Alberto Puga o Mestre Marcílio foi um afixionado no que diz respeito a matéria. Inclusive fiz citações sobre o entendimento de Marcílio Krieger na primeira e segunda edições do meu livro "Direito Processual Desportivo" em duas passagens do livro. A primeira com relação aos princípios fundamentais e na segunda no capítulo onde coneituo a Justiça Desportiva. Aliás esta segunda passagem merece ser transcrita  pelo brilantismo de suas colocações, apesar de ser do conhecimento de todos:  " Os bens jurídicos-desportivos, como o fair play, o respeito aos atletas e aos desportistas em geral devem ser preservados. É para isto que existe a Justiça Desportiva, exercendo função delegada pela Constituição Federal para processar e julgar as infrações contra a disciplina e a organização desportivas."

Marcílio Krieger apesar de não ter lhe conhecido pessoalmente, o seu excepcional trabalho no que diz respeito ao Direito Desportivo por si só mostra a pessoa maravilhosa que você foi em vida, inspiradora de todos nós da Cevleis e conquistadora dos corações de todos que o acompanharam na sua jornada. Que Papai do Céu o tenha em bom lugar e que você de lá Mestre continue a nos inspirar.

Um grande abraço

Scheyla

Por Alberto Puga
em 22-02-2015, às 08h37.

mensagem de Joacy Bastos pedido  de  divulgação  22.02.15

À MARCÍLIO KRIEGER & seus familiares,

Quero nesta oportunidade registrar o meu profundo pesar pelo
passamento do inesquecível mestre, amigo e advogado, MARCÍLIO RAMOS
KRIEGER. Este registro cabe por inteiro no precioso itinerário da vida
de um grande jurista desportivo, cidadão de bem e de lutas
inesquecíveis em defesa do direito e da justiça desportiva brasileira,
esposo e pai de família exemplar, que com sabedoria soube plantar e
fazer brotar a confiança e amizade da sua legião de amigos que compõem
essa grande comunidade esportiva virtual -CEVLEIS.

 MARCÍLIO KRIEGER se foi, porém, deixando muitas saudades. Ele partiu
para um destino ao qual ninguém poderá fugir. Certamente, ele
reencontrará os mestres João Lyra Filho, Aníbal Pellon, Manoel Gomes
Tubino e outros  tantos amigos que também, um certo dia já se foram.
No entanto, a sua morte não apagará o clarão que o iluminou com a sua
sabedoria e o seu modelo de vida, humilde, digna e honrada.
 A sua memória permanecerá na lembrança de todos que o conheceram e admiravam.
 Com os sentimentos do amigo, aluno e discípulo de sempre. José  Joacy
Bastos - Presidente TJD/Febrasa (Em 25 de fevereiro de 2010)

Por Alberto Puga
em 22-02-2015, às 20h56.

mensagem  reencaminhada de Ademmar Pedro Scheffler  22..02.15

CEVnautas!

Marcílio Krieger foi e continuará sendo uma referência no Direito Desportivo Brasileiro. As homenagens já lançadas, inclusive com publicações e obras  de tributo ao Mestre, refletem a irreverência, o bom humor e a profundidade com que sustentava suas teses. Resta ratificar todas as manifestações em sua homenagem e, através do padrão lá do Céu, transmitir-lhe um eterno  "abraço do tamanho do Rio Grande"!
Ademar Pedro Scheffler-Porto Alegre-RS.

Por Alberto Puga
em 22-02-2015, às 21h01.

mensagem reencaminhada de Jaime  Salvador  22.02.15

Dr. Puga, obrigado pelo carinho da lembrança.   Não sinto a menor vergonha de informar que não tenho os cursos que a grande maioria aqui no CEVLEIS tem, inclusive uns dizem no CEVLEIS(Eu pelo menos), outros dizem na CEVLEIS eu acho que é no Centro Esportivo Virtual, Dr. Puga ou Dr. Laércio que corrijam. Como estava dizendo não tenho formação universitária, sou aposentado com 59, beirando os 60 anos, tenho curso de arbitragem: Voleibol, Futsal, Handebol e Futebol. Lembro-me bem quando pedi a época ao moderador do CEVLEIS, não lembro no momento quem, sei que foi bem no começo desse Centro Virtual, pedi minha inclusão até como presente de natal, o que fui aceito e até hoje me sinto extremamente feliz com isso. Em relação do Dr. Marcílio, todos foram muito felizes nas colocações que fizeram, pena que não tenho a linguagem jurídica que vejo uma boa parte colocar. O que na verdade tenho é uma profunda felicidade de ter recebido algumas opiniões do Dr. Marcílio em alguns assuntos que tivemos a oportunidade (virtualmente) de vivenciarmos. Então mais uma vez obrigado ao Dr. Puga, Dr. Laércio e de uma coisa estamos certos as lições do Dr. Marcílio são inesquecíveis. Parabéns à todos que prestaram esta justa homenagem e deram seus testemunhos. Um abraço dos limoeirenses de Pernambuco   

 

Por Alberto Puga
em 23-02-2015, às 07h49.

participação (vídeo)  Angelo  Giacomini   Ribas AGR  23.02.15

Cevlistasgoogleniensis*, 


Segue o link para um vídeo com meu depoimento em singela homenagem ao nosso saudoso Mestre Marcílio Krieger, postado no endereço oficial de nossa comunidade:http://cev.org.br/biblioteca/homenagem-marcilio-krieger-angelo-giacomini-ribas/   VIVA A MEMÓRIA DE NOSSO SAUDOSO MESTRE MK!
  Abraço a todos!
  AGR   * Cevlistasgoogleniensis foi fustamente como o Mestre MK, com seu habitual bom humor, nos dirigiu sua penúltima mensagem aqui na CEVLeis, 2 dias antes de partir, em 23.02.2010, assinanda pelo seu saudoso ficcional "TTTNH" (Tio Totonho), vide https://groups.google.com/d/msg/cevleis/UVftSQGelxw/tU_wnE8B_zIJ. 

 

Por Wanderley Godoy Junior
em 23-02-2015, às 08h42.

Tive o prazer de conhecer o Mestre em 1996, quando eu estava começando na advocacia no TJD-SC e o Dr Marcílio como Procurador. Assim, foi o maior professor que tive e aprendi muito com o Mestre. Depois foram várias as oportunidades para debater com o Grande Mestre, nas defesas, nos eventos de Foz, nos Seminários/Congressos de Florianópolis e Curitiba, principalmente. Mas os melhores momentos foram os papos com ele e com o Dr Puga em Foz do Iguaçu e Florianópolis. O maior momento foi em agosto de 2006, com a abertura da Semana Jurídica, do Curso de Direito, da UNIVALI, em Itajaí. Palestra de Abertura: Dr. Marcílio, Dr Puga e Dr Paulo Schmitt. Que trio, que qualidade, que time, que espetáculo!!!!. A grande palestra foi no dia 28 de agosto de 2006. Ainda, no dia 25 e 26 de agosto (sexta e sábado anterior) do mesmo ano, fizemos no mesmo local, o 1º Seminário de Direito Desportivo da UNIVALI, com as palestras individuais de cada um destes Mestres. Inesquecível!!!!! O bom de falar e pensar do Dr Marcílio, é lembrar de coisas boas e ter maravilhosas recordações. Todos os momentos foram inesquecíveis. Abraços. Wanderley Godoy Jr

Por Alberto Puga
em 23-02-2015, às 10h05.

participação de Robson  Vieira  23.02.15

Mestre Puga,

 

Trago aqui meu relato e rogo que seja retransmitido na comunidade Cev.

 

Bem, para falar do MK vou reproduzir meu discurso enquanto a frente do TJD/SC no ano de 2011 em que criamos a Medalha Marcílio Krieger... fortes emoções...

 

 

 

“É COM UM ENORME PRAZER QUE O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DESPORTIVA DE SANTA CATARINA INAUGURA, NESTA NOITE, A ENTREGA DA HONRARIA INTITULADA MEDALHA MARCÍLIO CESAR RAMOS KRIEGER.

 

 ESTA HONRARIA FOI CRIADA OBJETIVANDO HOMENAGEAR PESSOAS QUE TENHAM CONTRIBUÍDO PARA A JUSTIÇA DESPORTIVA CATARINENSE E NACIONAL. COM SUA CRIAÇÃO, O TJD OBJETIVA NÃO SÓ PRESTAR UM AGRADECIMENTO AOS SEUS HOMENAGEADOS MAS TAMBÉM LEVAR O NOME DO NOSSO JURISTA MARCÍLIO KRIEGER PARA A ETERNIDADE.

 

FALAR DO MARCÍLIO É, AO MESMO TEMPO, SIMPLES E COMPLEXO, TALVEZ PORQUE ASSIM ELE FOSSE E QUISESSE SER. DE UMA ALEGRIA ÍMPAR NA RESOLUCAO DE CADA PROBLEMA QUE LHE ERA APRESENTADO E DE UMA COMPLEXIBILIDADE SEM IGUAL EM SEUS RACIOCÍNIOS.

LEMBRAR DO MARCÍLIO É LEMBRAR DE UMA PESSOA INCANSÁVEL NA LUTA PELA JUSTIÇA DESPORTIVA, NA SUA MAIS ALTA CONCEPÇÃO DE JUSTIÇA.

É LEMBRAR DE UMA PESSOA QUE NOS IDOS DOS ANOS 80, QUANDO MAL SE SABIA O QUE ERA “DIREITO”, ELE FALAVA NUM TAL DE “DIREITO DESPORTIVO” “JUSTIÇA DESPORTIVA”, RAMO ESTE QUE HOJE TODOS TEMOS O PRAZER DE TRABALHAR. 

 

 

EU POSSO ME RECORDAR DO PRIMEIRO SEMINÁRIO SOBRE DIREITO DESPORTIVO EM QUE PARTICIPEI, CHAMAVA-SE “O PODER JUDICIÁRIO E A JUSTIÇA DESPORTIVA”, ISSO POR VOLTA DO ANO 2000 QUANDO, RECÉM SAÍDO DA FACULDADE, CONSEGUI ATRAVÉS DO NOSSO MARCÍLIO KRIEGER A BONIFICAÇÃO DA INSCRIÇÃO E PASSEI ENTÃO A CONHECER O QUE ERA ESSE TAL DE JUSTIÇA DESPORTIVA QUE HOJE TANTO NOS APAIXONA E NOS FAZ ESTAR AQUI NESTA NOITE.

 

NÃO HÁ COMO SE FALAR EM MARCÍLIO KRIEGER SEM RELEMBRAR SEUS PERSONAGENS FICCIONAIS, A “VÓ TOINHA” E O “TIO TOTONHO” QUE TUDO SABIAM E TUDO OBSERVAVAM.

 

AO RELEMBRAMOS NOSSO MESTRE EU NÃO POSSO ME ESQUECER DA CÉLEBRE PASSAGEM ÚNICA QUANDO ELE, SEM TER OUTRO LUGAR PARA SENTAR, POSICIONOU-SE NO BANCO DO MOTORISTA E DIRIGIU UMA KOMBI LOTADA DE COLEGAS DE TRABALHO ATÉ A CIDADE DE ITAJAÍ – 100 km DE FLORIANÓPOLIS - E LÁ CHEGANDO, RECEBEU O QUESTIONAMENTO DOS COMPANHEIROS DE VIAGEM QUE PÁLIDOS E ASSUSTADOS ASSIM FALARAM: “DR MARCÍLIO, O SENHOR NÃO TEM MUITA PRÁTICA NA DIREÇÃO, NÃO É?” E ELE, SEM QUALQUER PROBLEMA, DE PRONTO RESPONDEU: “NÃO TENHO, FOI MINHA PRIMEIRA VEZ”.

PRIMEIRA E ÚNICA, POIS COMO SABEMOS MARCÍLIO NÃO TINHA NENHUMA PROXIMIDADE COM O VOLANTE.

 

FALAR DO MARCÍLIO É FALAR DE SEUS AMIGOS. ALIÁS, ETA SER HUMANO PARA FAZER AMIGOS!! NÃO HÁ EVENTO NESTE BRASIL EM QUE EU NÃO ENCONTRE UMA PESSOA QUE DIGA “MARCÍLIO KRIEGER ERA MEU AMIGO”.

 

COMO AMIGO MAIOR DO FINAL DE SUA CAMINHADA EU TENHO AQUI UM DOS NOSSOS HOMENAGEADOS, DR ALBERTO PUGA, QUE POR RESIDIR EM MANAUS, SOMADO A COMPROMISSOS DE FIM DE ANO, NÃO PODE AQUI ESTAR PRESENTE, MAS DESIGNOU UM BELO REPRESENTANTE.

 

DR. ALBERTO PUGA E DR. MARCÍLIO KRIEGER ERAM UMA DUPLA INSEPARÁVEL. QUALQUER CÓDIGO DESPORTIVO DA ÚLTIMA DÉCADA TEM A DIGITAL DESTA DUPLA. AO CONVERSARMOS COM A VIÚVA DO MARCÍLIO, D. PERPÉTUA, QUANDO SOLICITAMOS AUTORIZAÇÃO PARA A CRIAÇÃO DESTA HONRARIA, A MESMA FOI A PRIMEIRA A NOS CONFIDENCIAR: “FALAVAM-SE TODOS OS DIAS, E ERA SEMPRE UMA FESTA”.

ALÉM DE ALBERTO PUGA, SEMPRE PARCEIRO DO TJD, EM EVENTOS, SEMINÁRIOS E SEMELHANTES, TEMOS COMO HOMENAGEADO O DR. MURILO BARRETO DE AZEVEDO, JÁ FALECIDO E AQUI REPRESENTADO POR SEU FILHO.

DR MURILO, INFELIZMENTE, EU NÃO TIVE O PRAZER DE CONVIVER, MAS TODO SEU EXTENSO CURRÍCULO E SOMADO  SUAS HISTÓRIAS DESPORTIVAS, QUE DIGA NOSSO AUDITOR ALDO QUE TEVE O PRAZER DE COM ELE DIVIDIR QUARTO DE HOTEL NUM DESTES JOGOS ABERTOS, O CREDENCIAM PARA O RECEBIMENTO DESTA HOMENAGEM.

 

COMO O NOSSO TEMPO AQUI É CURTO EU TENHO QUE ENCERRAR ESTAS PALAVRAS DEIXO AQUI REGISTRADO A ALEGRIA DE TODOS OS INTEGRANTES DO TRIBUNAL QUE, AO FREQUENTAR OS CONGRESSOS POR ESTE BRASIL AFORA SÃO CONHECIDOS COMO “AS CRIAS DO MARCÍLIO”.

SOMOS SIM, SOMOS CRIAS DO NOSSO MESTRE MARCÍLIO KRIEGUER E ISSO EM MUITO NOS ORGULHA.

 

Por Alberto Puga
em 25-02-2015, às 16h04.

participação de Aldo A. Massih  Jr.   25.02.15

Querido amigo e mestre Puga! Muito devo à família CEV-Leis, especialmente ao querido baluarte amazonense que desbravou o mundo da JD junto com nosso mentor catarinense e ora homenageado pela passagem de seu falecimento. Assim é que vou me permitir ser um pouco abusado diante da sua belíssima iniciativa e sabedor que os fins nobres justificam essa recordação, me excedendo nos anexos, fazendo um resgate histórico dos últimos dois anos de uma merecida homenagem criada pelo TJD-SC (através da Resolução nº 03/2011), quando estava na presidência nosso renomado amigo Robson Vieira, qual seja, a Medalha Marcílio Cesar Ramos Krieger. Segue ainda um dos muitos currículos do nosso eterno MK, com escusas pelo tamanho e quantidade dos anexos.

A Medalha Marcílio César Ramos Krieger, criada através de Resolução nº 003/2011, do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado de Santa Catarina, é a honraria concedida a brasileiros e/ou estrangeiros que tenham se destacado e/ou prestado relevantes serviços à Justiça Desportiva Catarinense ou Nacional.

 Jornalista e advogado, Marcílio César Ramos Krieger faleceu em 25 de fevereiro de 2010, aos 71 anos, vítima de uma parada cardíaca. Jurista, foi um dos principais nomes do direito esportivo brasileiro e referência nacional na área. Entre outras atividades, trabalhou como auditor no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e foi um dos autores do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

 A Medalha Marcílio César Ramos Krieger, criada através de Resolução nº 003/2011, do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado de Santa Catarina, é a honraria concedida a brasileiros e/ou estrangeiros que tenham se destacado e/ou prestado relevantes serviços à Justiça Desportiva Catarinense ou Nacional.

 Jornalista e advogado, Marcílio César Ramos Krieger faleceu em 25 de fevereiro de 2010, aos 71 anos, vítima de uma parada cardíaca. Era catarinense de Brusque, formado em Direito em 1963 pela Universidade Federal de Santa Catarina, sendo autor de obras como CÓDIGO BRASILEIRO DISCIPLINAR DO FUTEBOL ANOTADO E LEGISLAÇÃO COMPLEMENTAR (96), Terceiro Milênio; COMENTÁRIOS AO CÓDIGO BRASILEIRO DISCIPLINAR DO FUTEBOL (97), Editora Forense; LEI PELÉ E LEGISLAÇÃO DESPORTIVA BRASILEIRA ANOTADAS (99), Forense e Gryphus; EXAME DE ORDEM (Organizador) (2000), Editora OAB/SC.

Publicou diversos trabalhos na imprensa, sobre temas desportivos.

Em razão de sua atuação como militante da organização Ação Popular, teve que exilar-se em 1969, retornando ao Brasil em 1979, com a anistia política.

A partir de 1980 retornou à advocacia, especializando-se em Direito Desportivo através de uma intensa participação como Defensor Dativo de atletas junto ao Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Catarinense de Futebol e outros tribunais desportivos e Procurador do TJD/FCF entre 1985 e 2000.

Participou de diversos eventos como palestras, cursos, seminários em Santa Catarina, Amazonas, Pará, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo promovidos por entidades como Secionais da OAB, Institutos de Direito Desportivo, Conselhos Regionais de Educação Física, Associações de Acadêmicos de Direito, Conselhos Estaduais de Desporto, Instituto Brasileiro de Direito Desportivo.

Prestou consultoria sobre Direito Desportivo a clubes, atletas e sindicatos de atletas, a órgãos da mídia impressa (jornais Lance, Folha de São Paulo, Jornal do Comércio (Recife), Estado de São Paulo, Diário Catarinense e outros) e eletrônica (Rádios CBN, Bandeirantes, Jovem Pan, Guaíba, Record dentre outras).

Colaborou com a Comissão Mista do Congresso Nacional nos debates em torno do Projeto Pelé, mais tarde convertido na Lei Pelé (Lei nº 9.615/98). Participou, como palestrante, da Primeira Conferência Nacional de Educação, Cultura e Desporto "Desafios para o Século XXI", Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Câmara dos Deputados.

Foi palestrante-convidado da Comissão Parlamentar de Inquérito da Câmara dos Deputados (CPI NIKE/CBF), e também, da Comissão Parlamentar de Inquérito do Senado (CPI DO FUTEBOL), tendo participado de reuniões em Brasília e Porto Alegre.

Foi Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina, Presidente da Comissão de Direito Desportivo da OAB/SC, Presidente do Instituto Catarinense de Direito Desportivo, conselheiro do Conselho Estadual de Desporto/SC, auditor no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), membro do Centro Esportivo Virtual/Cevleis - lista de debates eletrônicos - Conselheiro Benemérito do Instituto Brasileiro de Direito Desportivo e foi um dos autores do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

 

Att.
Em 25 de fevereiro de 2015 14:09, Alberto Puga <pugarivera@gmail.com>escreveu:
  -- 
-- 
cevleis- ADM Alberto Puga <http://cev.org.br/qq/alberto-puga/>
Para postar neste grupo, envie um e-mail para cevleis@googlegroups.com
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para
cevleis+unsubscribe@googlegroups.com
Para ver mais opções, visite este grupo em
http://groups.google.com.br/group/cevleis?hl=pt-BR
Participe também da Comunidade CEVLeis:
http://cev.org.br/comunidade/cevleis

--- 
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "cevleis" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para cevleis+unsubscribe@googlegroups.com.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.


-- 

ALDO A. MASSIH JR.

Procurador da CIDASC Rod. Admar Gonzaga, 1588, Itacorubi - 88034-001 - Florianópolis/SC www.cidasc.sc.gov.br / Fone: 0055 48 3665.7029

 

-- 
-- 
cevleis- ADM Alberto Puga <http://cev.org.br/qq/alberto-puga/>
Para postar neste grupo, envie um e-mail para cevleis@googlegroups.com
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para
cevleis+unsubscribe@googlegroups.com
Para ver mais opções, visite este grupo em
http://groups.google.com.br/group/cevleis?hl=pt-BR
Participe também da Comunidade CEVLeis:
http://cev.org.br/comunidade/cevleis

--- 
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "cevleis" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para cevleis+unsubscribe@googlegroups.com.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.     19 anexos                 Visualizar o anexo 1509258_745234765571605_1649865351051479233_n.jpg     1509258_745234765571605_1649865351051479233_n.jpg       Visualizar o anexo 10396292_745235588904856_4752665429454580114_n.jpg     10396292_745235588904856_4752665429454580114_n.jpg       Visualizar o anexo 10408139_745236905571391_5656764549226707728_n.jpg     10408139_745236905571391_5656764549226707728_n.jpg       Visualizar o anexo 10423978_745234572238291_3145495093307441441_n.jpg     10423978_745234572238291_3145495093307441441_n.jpg       Visualizar o anexo 10432464_745234698904945_5962992624814829706_n.jpg     10432464_745234698904945_5962992624814829706_n.jpg       Visualizar o anexo 10523151_745236135571468_4985270930930785290_n.jpg     10523151_745236135571468_4985270930930785290_n.jpg       Visualizar o anexo 10801528_745234785571603_2956086219071272014_n.jpg     10801528_745234785571603_2956086219071272014_n.jpg       Visualizar o anexo 10846176_745234848904930_726259971188183315_n.jpg     10846176_745234848904930_726259971188183315_n.jpg       Visualizar o anexo Convite MedalhaMK Troféu GK 2013.jpg     Convite MedalhaMK Troféu GK 2013.jpg       Visualizar o anexo IMG-20150225-WA0036.jpg     IMG-20150225-WA0036.jpg       Visualizar o anexo IMG-20150225-WA0042.jpg     IMG-20150225-WA0042.jpg       Visualizar o anexo IMG-20150225-WA0043.jpg     IMG-20150225-WA0043.jpg       Visualizar o anexo 091-2013 - Homenageado - Medalha MK- Valed Perry Nov13b.doc     091-2013 - Homenageado - Medalha MK- Valed Perry Nov13b.doc         Visualizar o anexo Curriculun Marcílio César Ramos Krieger resumido.docx     Curriculun Marcílio César Ramos Krieger resumido.docx         Visualizar o anexo Destaques do meio esport...pdf     Destaques do meio esport...pdf       Visualizar o anexo MEDALHA - MARCÍLIO CESAR RAMOS KRIEGER (modelo).pdf     MEDALHA - MARCÍLIO CESAR RAMOS KRIEGER (modelo).pdf       Visualizar o anexo Medalha MK MarcilioKrieger Diretiz.pdf     Medalha MK MarcilioKrieger Diretiz.pdf       Visualizar o anexo Medalha MK MarcilioKrieger PROVA Foto.pdf     Medalha MK MarcilioKrieger PROVA Foto.pdf       Visualizar o anexo Medalha MK MarcilioKrieger PROVA Foto2.pdf     Medalha MK MarcilioKrieger PROVA Foto2.pdf                

 

Por Alberto Puga
em 25-02-2015, às 20h21.

participação de  Talvanes Lins   25.02.15

Puga, 

também tive dificuldades em fazer o video solicitado, mas aí vai um depoimento sobre o tão querido mestre:

 

Sou Talvanes Lins, professor de Educação Física, Advogado e atuando na Justiça Desportiva de Alagoas.

Tive o prazer e a honra de conhecer pessoalmente o mestre Marcílio Krieger em 2009, em um Seminário de Direito Desportivo realizado em Florianópolis, sua terra tão querida. Muito falante, alegre e simpático, quando Puga me apresentou MK, logo o comparei a um grande professor de Educação Física daqui de Alagoas, o saudoso Tenente Madalena, inclusive pela incrível semelhança física e o vasto bigode, tão peculiar aos dois.

Durante todo o evento sua participação foi intensa, ora ministrando palestra, ora com ricas intervenções que demonstravam seu vasto conhecimento na área. Nos intervalos para coffee break e almoços do Seminário, era divertido ouvir os causos e as experiências que Marcílio trazia para todos e aí era formada uma grande roda de mesas e cadeiras onde todos paravam para ouvir as lições do mestre.

Uma verdadeira enciclopédia do nosso Direito Desportivo, Marcílio sempre foi referência nos debates acalorados em nosso TJD local e inúmeras vezes utilizei seus ensinamentos nas denúncias feitas como Procurador.

Em nosso grupo do CEV, quem ultrapassava MK em número de intervenções diárias? Em todos os assuntos ele sempre procurava dar sábias opiniões e o tom jocoso como conduzia as “histórias” de Tio Totonho e Vó Toinha alegrava a todos diariamente. Lembro-me que, em pleno carnaval, por ideia do Puga, fizemos um julgamento "virtual" aqui no CEV, onde fui Procurador e Marcílio o Presidente do Tribunal Virtual CEVLeis. Como todos aqui do Cevleis, também me tornei um fã de Marcílio e até já planejávamos trazê-lo em 2010 até Alagoas para palestras e homenagem ao grande mestre. Assim, fomos surpreendidos com sua partida e não tivemos a honra de tê-lo aqui conosco, mas a lembrança do seu jeito carismático e dos seus ensinamentos sempre o mostrarão presente onde se falar em Justiça Desportiva.

 

 

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.