Legislação Desportiva - CEVLeis

Ponto de Encontro dos Profissionais, Estudantes e Pesquisadores

Entrar no Grupo

Essa comunidade migrou para o Facebook. Participe: https://www.facebook.com/groups/cevleis/

Stjd Muaythai + Brasil Sediará Mundial de 2015



O rápido desenvolvimento do MMA provocou que o Muaythai, uma das especialidades mais usadas e faladas, se tornasse uma das modalidades que mais cresce no momento. Leia mais em: http://www.padilla.adv.br/desportivo/artesmarciais/

Assim, merece ser recebida com entusiasmo a notícia de que o Brasil vai sediar o Campeonato Mundial de 2015. O vereador Airto Ferronato acaba de chegar da Turquia, onde representou a Capital gaúcha na disputa da sede. Em Istambul, houve destacada atuação de Ingrid Jost. Ela já é destaque – como o único árbitro sul americano na primeira edição dos Jogos de Combate, ou Jogos Marciais http://www.worldcombatgames.com/en/sports/ o First SportAccord Combat Games, em Beijing, 2011.  O melhor de treze Artes Marciais foi representado por mais de mil atletas, homens e mulheres, selecionados pelas respectivas Federações Internacionais. No entorno das competições e demonstrações especiais, os Jogos marciais tiveram intensa programação cultural: Aikido (80 atletas), Boxe (80), Judo (80), JyuJitsu (96), Karate (80), Kendo (80), Kickboxing (84), Muaythay (88), Sambo (96), Sumo (96), Taekwondo (64), Wrestling (96) e Wunshu (72)  http://www.padilla.adv.br/desportivo/artesmarciais/games2010.pdf

Preparando-se para sediar eventos grandiosos, o Plenarinho da Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul assistiu à posse dos auditores do STJD Superior Tribunal de Justiça Desportiva da CBMTT Confederação Brasileira de Muaythai Tradicional, entre os quais encontraremos nomes conhecidos no Direito Desportivo, como se vê pelo rol, em ordem alfabética: Ademar Pedro Scheffler, Alexandre Marques Borba, Antônio Augusto Bonatto Barcellos, Antonio Augusto Thaddeu Bandeira, Carlos Eduardo Licks Flores, Handel Martins Dias, José Eduardo de Mattei, Luiz Roberto Nuñes Padilla e Odilon Moraes Filho. Ingrid Jost foi indicada para secretariar a Corte, e, a seguir, houve deliberação e aprovação do Regimento Interno e, por fim, foram aprovados para a CDN Comissão Disciplinar Nacional, os auditores Mariju Ramos Maciel, Maurício Ughini Mondadori, Rogerio Luiz Braun, Eduardo Amoretty Souza e Rodrigo Marinho Christini, tendo como suplentes Cláudio Silveira Batista; Roger Kelleter; Cristiano Ferreira Nunes e Emílio Frederico Haenzel Pacheco de Freitas.

Comentários

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.