Marketing Esportivo

Ponto de Encontro dos Profissionais, Estudantes e Pesquisadores

Entrar no Grupo

Essa comunidade migrou para o Facebook. Participe: https://www.facebook.com/groups/cevmkt/

Ufc - o Preço do Entretenimento



Em recentes matérias sobre o UFC e suas investidas no marketing, muito me preocuopa uma questão:

- É o entretenimento que nos causa paixão ou o esporte em si?

Baseado na reportagem http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/80811_O+GOLPE+DE+MESTRE+DA+UFC fica explícito que ninguém está neste jogo para perder, e no caso, perder muito dinheiro.

O UFC me parece uma espécie de gigantes do ringue criado em Las Vegas, onde o entretenimento está muito acima do jogo, da luta, dos resultados verdadeiros. Será mesmo que Anderson Silva era invencível e maior lutador de todos os tempos ou era apenas um produto em seu ciclo de vida, o qual agora deve está na fase de declínio e por isso dará lugar para um outro produto a ser explorado e vendido?

Será mesmo que não poderia ter lutadores/heróis/campeões de outras nacionalidades que não seja americana ou brasileira, ou apenas teremos lutadores/heróis/campeões de atuais países de grande economia que investem/patrocinam o UFC?

Essas reflexões tem por objetivo analisar se o entretenimento, a todo custo, passando por cima de verdades e éticas, vale a pena? Vale o investimento, o tempo, a alegria?

Não recrimino quem ama o UFC e suas sensacionais lutas e lutadores. Mas uma coisa é certa, onde se tem muito dinheiro costuma-se não ter muita ética. E no UFC tem muito dinheiro investido.

Apenas uma reflexão.

 

Ricardo Torrado

 

 

Comentários

Por Flávia Eloíza Costa
em 01-06-2014, às 10h30.

Já havia feito essa reflexão antes, não só no UFC, mas em outros esportes também. 

É um produto de grande valia, isso é inegável, pois o investimento/custo de cada evento desse é altíssimo, em contra partida tudo é recuperado muito rápido. Afinal, é um esporte que fascina muita gente. O espetáculo em si é muito bem montado e com o auxílio da mídia, torna-se ainda mais valioso. Grandes lutadores passaram pelo octógono, não é de se negar que surgiram grandes nomes. Mas porque será que a maioria deles é de nacionalide brasileira ou americana?

Anderson Silva fez história, tornou-se um dos maiores lutadores de UFC do mundo, mas após a derrota em sua ultima participação, surgiram alguns questionamentos do tipo: "será que ele voltará a lutar?, será que continuará sendo o maior lutador?".  Tudo indica que logo aparecerá um superior a ele, afinal o esporte é seleto e sempre surgem novos talentos.  

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.