Musculação

Ponto de Encontro dos Profissionais, Estudantes e Pesquisadores

Entrar no Grupo

Essa comunidade migrou para o Facebook. Participe: https://www.facebook.com/groups/cevmusculacao/

Musculação



Ao contrário do que já foi dito estudos mostram os benefícios adquiridos com o treinamento de força, segundo alguns estudos a prática não traz prejuízos para a saúde dos jovens, desde que seja feita com a orientação de profissionais capacitados. Já foi ressaltado que o treinamento de força ajuda no acúmulo de minerais ósseos, ajudando na prevenção da fragilidade óssea e na redução da taxa de minerais ósseos durante a vida. Sendo assim a musculação ajuda a prevenir algumas doenças sendo a osteoporose uma delas, a principal causa da osteoporose é a perda mineral óssea, que geralmente é ocasionada pelo processo de envelhecimento e pela falta de atividade física.

Segundo : Ari Stiel Radu  doutor em reumatologia pela Universidade de São Paulo, vice-presidente da Sociedade Paulista de Reumatologia, chefe do ambulatório de coluna do Serviço de Reumatologia do Hospital das Clínicas de São Paulo e presidente do Comitê de Coluna da Sociedade Brasileira de Reumatologia

A caminhada deixou de ser a melhor opção de exercício físico para os portadores de osteoporose. Com o avanço do conhecimento científico, o exercício muscular resistido (popularmente conhecido como musculação), realizado com assistência especializada, tem se demonstrado, junto com a conduta medicamentosa e nutricional, a principal arma para prevenção e tratamento destes pacientes. Extremamente comum e debilitante, a osteoporose é uma doença causada por uma deficiência na mineralização dos ossos do esqueleto, que o deixa mais frágil e propenso a fraturas. Mulheres após a menopausa constituem o grupo de maior risco, porém a osteoporose também pode acometer homens na terceira idade.

Sendo assim, nota-se a importância de praticar exercícios resistidos, juntamente com uma boa alimentação para uma melhor qualidade de vida, ressaltando ainda que é de suma importância fazer exames médicos e avaliação física, e sempre procurar um profissional habilitado e qualificado para instruir da melhor forma possível na prática da atividade.

Comentários

Por Vanessa Ramos de Freitas
em 22-01-2014, às 14h12.

Atualmente nota-se que a musculação está bem visada e vem mudando os "pré-conceitos" que as pessoas tinham a respeito da prática. Muito tem se falado, estudado e praticado. Porém ainda assim existe o lado ruim da prática, onde as pessoas costumam ser orientadas por outras pessoas sem formação ou fazem o uso de drogas ilícitas para acelerarem o processo natural de hipertrofia.
Para os profissionais de Educação Física, quais seriam as saídas mais viáveis para o fim desta problematização causada pelo exercício errado da prática?

Por Yago Martins Fortes
em 22-01-2014, às 15h43.

Quando se pensa em uma atividade física para melhorar a estética e a qualidade de vida, a primeira coisa que vem à mente é a musculação. As pessoas procuram uma academia de musculação simplesmente para melhorar o condicionamento e o porte físico. Adequando as cargas e as intensidades dos exercícios para cada pessoa, com base na idade, peso, sexo e passado atlético, não há muitas restrições para a prática da musculação.

A musculação é uma atividade anaeróbica, que significa uma atividade de alta intensidade e curta duração. A pessoa que procura uma academia para fazer musculação geralmente tem em mente um objetivo: ganhar massa muscular; reduzir a quantidade de gordura corporal, definir e delinear o corpo, ganhar ou perder peso. Para cada objetivo existe um tipo de treinamento específico, inclusive na alimentação.

Para os profissionais se torna algo díficl, com relção ao uso de substâncias ilícitas, visto q a mídia tem grande poder sobre a população.

Por Leandro Cornélio Martins
em 22-01-2014, às 15h54.

Oque se ver hoje é que as pessoas buscam a academia na maiora delas em busca de uma estica e não de um bem estar, são minoria que busca a saúde, essas que buscam a estetica acabam usando de produtos na maiora das vezes prejudicias a saude e não trazendo beneficios ao corpo. Um profissional de Educação Física não consegue controlar esse uso e existe pessoas que montam seu proprio treino sem se quer uma orientação profissional.

Por Maxiano Dâmaso Martins
em 23-01-2014, às 16h42.

Praticar musculação não é apenas para deixar o corpo bonito, significa também bem estar para o corpo e mente. É um esporte recomendável a todos, pois ajuda na manumtenção ao organismo e traz grandes benefícios para  a melhor qualidade de vida. Pois  o musculo é essencial para a proteçao dos ossos e articulaçoes ,mais claro ,desde que tudo seja feito de forma correta ,passar por uma avaliaçao médica primeiro para diagnosticar sua situaçao real de saúde ,para que desta forma o praticante possa saber que melhor exercício é indicado para ele.

Por Yago Martins Fortes
em 23-01-2014, às 23h46.

Apesar dos profissionais saberem do bem estar que a musculção oferece, continua-se a dificuldade de transmitir a população as formas certas e saudáveis de se praticar. Fica então a pergunta: como promover as maneiras corretas e suadáveis de se praticar a musculção sem a influência errônea da mídia?

Por Maxiano Dâmaso Martins
em 24-01-2014, às 15h39.

Na minha percepçao cada praticante tem que ter responsabilidade nos seus atos , ter o entendimento do que é benefico  e ruim para o corpo,   a alimentação correta  é essencial, podendo inclusive fazer uso de suplementos alimentares, porém nunca de anabolizantes, pois esses sim são prejudiciais a saúde.   A sobrecarga excessiva também deve ser evitada. 

Por Yago Martins Fortes
em 24-01-2014, às 17h38.

Concordo, mais ainda acho que a percepção dos praticantes é na maioria das vezes influenciada pelo poder da mídia e que existe a falta de profissionais realmente formados nas academias.

Por Ayla Karine Fortunato
em 24-01-2014, às 17h52.

Acredito que o mais importante que os profissionais de Educação Física podem fazer é incentivar e esclarecer para os alunos os benefícios e os riscos da prática da musculação e claro, a presença de profissionais qualificados  nas academias é indispensável.

Por Maxiano Dâmaso Martins
em 27-01-2014, às 11h02.

Nota-se que hoje as pessoas vem cada vez mais  praticando atividade física nas academias populares ou academias de rua. Este tipo de equipamento vem crescendo em vários parques ou  praças das grandes cidades. Infelizmente a maioria delas não tem um acompanhamento de um profissional de educação física ou ensinando  e orientando a população a utilizar corretamente estes equipamentos. O mau uso dos aparelhos das academias populares pelas pessoas faz com que elas usem esses equipamento por diversão, causando futuramente danos a saúde.

 

Por Thaís Lima Gonçalves
em 28-01-2014, às 09h08.

 A musculação é um método de trabalho com carga que possui uma intervenção direta na capacidade funcional e na estrutura muscular do indivíduo, podendo ser empregada a diversos objetivos, tais como: recreativo, através da quebra de tensão proveniente do cotidiano; como aplicação desportiva utilizada como meio auxiliar de treinamento; como aplicação terapêutica em correções posturais e recuperação de problemas musculares como atrofias e hipotonias, também no campo estético através do desenvolvimento harmonioso do corpo, com simetrias e proporções musculares (TUBINO e MOREIRA, 2003).

Atualmente cada vez mais as academias recebem inúmeras pessoas com algum dos objetivos descritos acima, o problema é que na maioria dessas instituições não há uma intervenção profissional adequada (leigos atuando como instrutores).

Por Yago Martins Fortes
em 28-01-2014, às 12h44.

Acredito que uma possível solução seria realizar vistorias nas academias, com o objetivo de analisar os profissionais e as atividades oferecidas pela academia, visto que, além da musculação muitas destas atividades (jump, spinning, etc) são gerenciadas por leigos.

Por Ayla Karine Fortunato
em 28-01-2014, às 12h50.

Mas essa fiscalização já existe e mesmo assim  leigos ainda atuam nas academias. O que falta é a conscientização dos próprios alunos para que esses cobrem dos proprietários das academias a presença de profissionais. 

Por Gabriela Vieira Quirino
em 09-03-2016, às 11h33.

Muitas pessoas dão mais valor aos exercícios aeróbios achando que têm maior gasto calórico e ignoram a musculação, achando que a esta não emagrece. Pelo contrário, a musculação ajuda a emagrecer.

Uma atividade física precisa ser vista sob a ótica de gasto calórico total e não apenas do gasto calórico da atividade. Desta maneira, devemos nos basear na energia que o corpo gasta na atividade em si, somada com a energia gasta para o corpo se recuperar da atividade, ou seja, quanto mais intenso for o exercício, mais o corpo vai precisar de energia para se recuperar. Então podemos concluir que a musculação além de possuir um gasto na hora em que está sendo realizada, ela continua fazendo com que o corpo gaste energia depois para se recuperar, por ser uma atividade intensa.

Se realizada de maneira correta, a musculação só traz benefícios para os praticantes. 

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.