Atividade Física no Programa Saúde na Família

Ponto de encontro dos profissionais e pesquisadores interessados em conhecer as iniciativas e projetos de Atividade Fisica, Esporte e Lazer nos Programas Saúde da Familía.

Entrar no Grupo

Essa comunidade migrou para o Facebook. Participe: https://www.facebook.com/groups/cevpsf/

Educação Física no Nasf & Psf é de Mentirinha?



Cevnautas,

Não poderia deixar de passar essa provocação pra cá. Enquanto todos achamos a EF no NASF o máximo, cabe lembrar aquela velha lenda sobre a pergunta do Garrincha durante uma preleção tática: esquecemos de combinar isso com os adversários.

Tá certo que até ganhamos uma matéria no ultimo número da Revista do CONFEF: O Profissional de Educação Física no NASF http://www.confef.org.br/extra/revistaef/show.asp?id=3894 mas, estamos mal na foto da realidade, como mostra a discussão na lista EF no Maranhão. Lá, em Nova Iorque, o salário do profissional no concurso do PSF é um insulto. Está na hora de recorrer às APEFs. Psicografia não vale.

Concurso Para Profissional de Educação Física Meia-boca no Psf de Nova Iorque (ma)

2 comentários. Deixe o seu.
Enviar e-mail com atualizações para mim

Cevnautas,

  Acho que não era bem isso que a gente queria para o Profissional de Educação Física no PSF, némesmo?

Prefeitura de Nova Iorque (MA) abre concurso público nesta 2ª feira

A Prefeitura de Nova Iorque (MA) abriu concurso para 39 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários vão de R$ 540 a R$ 3 mil.

Os cargos são de advogado, assistente social, médico do PSF, nutricionista, psicólogo, professor de matemática, ciências, inglês, geografia, história, educação física e professor de 1° a 4° série, professor de português, técnico em enfermagem (PSF), técnico de enfermagem, auxiliar de saúde bucal, auxiliar de laboratório, fiscal de vigilância sanitária, vigia e guarda-vidas.

As inscrições poderão ser feitas de 17 de janeiro a 4 de fevereiro na Praça da Matriz, s/nº, Centro, das 8h às 12h e das 14h às 18h, ou no site www.institutoludus.com.br. A taxa varia de R$ 45 a R$ 200.

Fonte:http://45graus.com.br/prefeitura-de-nova-iorque-ma-abre-concurso-publico-nesta-2-feira,concursos-e-empregos,76042.html

No Edital a humilhação: Médico com salário de 3 mil e Profissional de Educação Física R$ 566,60 para 40 horas semanais. Professor de EF vai ganhar a metade de outros licenciados, que receberão 566,60 por 20 horas. CADÊ A APEFELMA? Laércio

http://www.institutoludus.com.br/index.php?option=com_jdownloads&Itemid=96&task=finish&cid=358&catid=68

Comentários

Por Tatiana Coletto dos Anjos
em 17-01-2011, às 14h43.

Lastimável!

Gostaríamos que todos nós da área pudessemos optar pela não submissão a cargos com tão baixa remuneração e tamanha discrepância em relação a outras categorias profissionais.

Abs,

Tatiana

Por Tatiana Coletto dos Anjos
em 17-01-2011, às 14h46.

ah, só p complementar deixo a indagação:

é possível compartilhar ações e ter discurso horizontal frente a tamanha desigualdade?

qual o impacto e releitura desses valores tanto p os profissionai como para os usuários? quem ganha mais tem a mesma relevância dos demais para a população em geral?

Comentários

Por Ricardo Lemes da Rosa
em 21-01-2011, às 18h29.

Infelizmente o Edital reafirma e REPRODUZ o que se estabelece no interior da sociedade, ou seja, que no campo profissional e acadêmico, somos "educados" a valorizar   alguns ofícios em detrimento de outros. Não vamos longe, pois na própria Educação Física percebemos a fragmentação entre as ciências biológicas e as ciências humanas, e quando reforçamos tal divisão, acabamos por colaborar na diferença dos salários em concursos como estes. Aí na tentativa de melhorarmos  nossa autoestima, substituímos o "Professor ou Profissional de Educação Física pelo Educador Físico"! Ora não será a nomenclatura que ampliará nossa respeitabilidade na sociedade, mas  sim discutirmos sobre nossa formação (que deve ser integral) e nosso papel no desenvolvimento real de ações que realmente seja percebidas pelas pessoas. Ah, e é claro avançarmos para além dos inúmeros e fracassados debates sobre o "CERTO e o ERRADO" da Educação Física.

Por Douglas Roque Andrade
em 29-01-2011, às 23h50.

O piso salarial de um agente comunitário não é 930 reais?

http://leonardof.med.br/2010/02/08/emenda-constitucional-garante-piso-salarial-para-agentes-comunitarios-de-saude/

Esta ai uma oportunidade da Rede do CEV realizar um trabalho para conhecermos o perfil dos profissionais que atuam no NASF!

Alguém topa?

Por Roberval Pizano
em 01-02-2011, às 14h45.

É realmente triste vermos notícias como esta. E pensar que nao nos sujeitaremos a isso, é dizer que, mesmo assim, alguem com nossa formação se sujeitará.

Não consigo imaginar como resolveremos esse problema de baixa remuneração tão fácil. Mas posso colocar alguns pontos pra refletirmos:

A classe mais valorizada profissionalmente é a classe médica, talvez por ter carência desses profissionais no mercado. Isso se deve ao baixo numero de recém formados inseridos anualmente no mercado. No caso da EF, uma enxurrada de professores são despejados no mercado semestralmente. A lei da oferta/procura pode influenciar as remunerações. Os unicos professores que ganham razoavelmente bem sáo os universitários, mas nao existe espaço pra todos. O ideal seria todos níveis de ensino remunerarem adequadamente.

Não devemos necessariamente associar respeito profissional a remuneração salarial. Posso ser respeitado pelo meu trabalho, mas nao receber o suficiente. Assim como o contrário pode ser verdade. Penso também que o fator qualificação influencia na condiçao do respeito profissional.

Ainda sobre o concurso, voces sabem qual a quantidade de inscritos?

Por Tatiana Coletto dos Anjos
em 04-02-2011, às 00h17.

olá douglas e demais colegas,

topo o desafio de conhecer os colegas o nasf.

aliás, este tem sido meu objeivo no mestrado.

ainda n iniciei as coletas, mas assim que possível, compartilho com os cevnautas.

abs,

tatiana

Por Douglas Roque Andrade
em 07-02-2011, às 12h12.

Tatiana,

Bacana! Não sei exatamente em que estágio está no Mestrado, mas se precisar de alguma coisa... pode me escalar!

Abraços,

Douglas

Por Sirlei Duarte Seixas
em 15-02-2011, às 20h16.

Calamidade total!

Estava na busca por informações do NASF, programa no qual pretendo trabalhar daqui alguns dias. Quando deparei com as informações desta comunidade quase desistir antes mesmo de começar, más vou tentar assim mesmo, não combinei salário ainda, más pretendo encarar o programa para crescimento profissional e social. Então estou aqui para deixar também meu apelo aos honorários pagos aos profissionais da área da Educação Física, pois somos, agimos e trabalhamos com responsabilidades da mesma forma de um fisioterapeuta, médico, dentre outros, pois ao trabalharmos de forma inadequada podemos deixar qualquer indivíduo inabilitado fisicamente ou até mesmo emcocinalmente para o resto da vida dele. Então merecemos mais credibilidade financeira. abraços.

Por Tatiana Coletto dos Anjos
em 15-02-2011, às 20h29.

olá sirlei,

não desanime pois a proposta é maravilhosa e em alguns municípios, como em sp, a remuneração é bem bacana.

qd fui contratada havia uma diferença salarial entre algumas categorias, mas nós nos organizamos e consequimos equiparação. claro que não atingimos a remuneração da categoria médica, mas tivemos um gde avanço.

não desanime!

boa sorte!

abs

tatiana

Por Maria Guadalupe Soares de Amorim
em 06-03-2011, às 21h37.

O profissional de Educação Física no NASF, com todo respeito aos meus colegas é claro, é um dos (se não for o maior) profissionais mais requisitados dentro do trabalho nas UBS do município de Arapiraca-AL, são grupos de Hiperdia, Diabéticos insulino-dependentes e não dependentes, Gestantes e Grupos de Caminhada, de Atividades Físicas e entre outros. Fora o trabalho desenvolvido nas escolas e grupos do Pro-Jovem. Sem contar, os projetos "extras" que a SMS preconiza para o município onde 90% destes, contam com a presença do Professor de EDF do NASF. É indiscutível a necessidade da intervenção deste profissional na atenção básica e sua contribuição para a auto-resolutividade na comunidade.

Quanto ao salário... nem todos os NASF’s recebem a mesma remuneração, depende de município a município, alguns, como em Arapiraca ainda não há uma isonomia salarial, mas acredito q se conseguirmos mostrar os resultados do nosso trabalho tanto na comunidade quanto em números (o que é fundamental) evidenciaremos mais o nome desse profissional que luta tanto pelo seu reconhecimento. Sinto q isso será a longo prazo, ou seja, pode demorar... mas nós infelizmente teremos que aprender a "politicagem" e aprender fazer "política". Mostrar nosso trabalho, as necessidades da comunidade, reinvindicar melhores condições de trabalho através de resultados, melhor estrutura física e mais espaços para a prática de atividade física dentro da comunidade.

Mas acreditem! estar no NASF é recompensador a cada sorriso, a cada abraço, é no meu trabalho que me encontro como ser humano, é lá que está meu amor pela minha profissão e pela vida! Sou professora de Educação Física e trabalho no NASF, tenho muito orgulho disso, esse ano estou colhendo os resultados do meu trabalho e tem sido satisfatórios, a prefeitura terá acesso, o estado e os ministérios interessados, brevemente estarão em congressos. 

Qualquer coisa que precisarem é só me procurar, um abraço a todos

Por Laercio Elias Pereira
em 07-03-2011, às 09h58.

Cevnautas do NASF,

Por que será que Vcs ainda não se agruparam em uma Associação Profissional? Corporativa, sim. Pra mostrar o valor do trabalho de Educação Física no PSF e enfrentar as prefeituras que não sabem disso? Todos nós somos sócios da APEF? Por que não abrimos um setor lá? Falta mobilização. As associações médicas estão aí, ativas. Os fisioterapeutas estão chegando e, em pouco tempo, já estão vendo os profissionais de Educação Física longe, pequenininhos, no retrovisor. O que falta? Será que somos uma profissão de segunda categoria que não sabe profissões ditas de nível superior - como médicos, enfermeiros e fisioterapeutas -  tem 4 instâncias de associação (e luta)? 1. Associação Profissional, 2. Sindicato, 3.Associação Científica e 4.Conselho? Por que achamos que estando numa já vale? Ou então lutamos para estarmos em nenhuma? Arakiri profissional?  Laércio

Por Ricardo Aparecido Rodrigues de Oliveira
em 10-03-2011, às 17h19.

Boa Tade  a todos  da comunidade, sou recem formado gosto da área da saúde. Moro no interior de São Paulo e gostaria de implantar este programa em minha cidade através de um projeto, pois nos PSFs de Itapeva não existe algo parecido e gostaria de receber ajuda.

Por Fabiano
em 14-04-2011, às 19h24.

Aqui em minha cidade, nós concursados do NASF obrigamos o munícipio a pagar todos exatamente igual.

Professor de EF era o que ganhava menos, mas hoje ganhamos a mesma coisa.

Não aceitem de forma alguma isso.

Prifissionais do NASF devem ganhar igual, com exceção de médicos e fisioterapuetas que tem CH diferente.

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.