Atividade Física no Programa Saúde na Família

Ponto de encontro dos profissionais e pesquisadores interessados em conhecer as iniciativas e projetos de Atividade Fisica, Esporte e Lazer nos Programas Saúde da Familía.

Entrar no Grupo

Essa comunidade migrou para o Facebook. Participe: https://www.facebook.com/groups/cevpsf/

Será Que a Formação dos Profissionais de Educação Física os Capacita Para a Esf?



Boa noite! vejo a inserção do profissional de Educação Física como uma das maiores conquistas de nossa classe nos últimos anos, mas percebo que em nossa formação não abordamos contéudos relacionados a saúde coletiva, politicas de saúde, etc; dificultando assim a nossa inserção e trabalho multidiciplinar com outros profissionais, que não sua formação são capacitados e orientados neste contexto.

Além de alguns profissionais vislubrar que a atuação na Estratégia será apenas para montagem de grupos especiais, para remediar as patologias já instaladas, não tendo a visão da promoção de saúde através da atividade física.

Está faltando fundamentação teórica para nós, vamos lá gente, temos que começar a produzir trabalhos relacionados a nossa intervenção .

Comentários

Por Francisco Castro Nunes
em 30-08-2009, às 01h11.

Boa noite, o Profissional de Educação Física foi inserido no Programa Saúde da Família e em outros programas do sistema público de saúde, a partir de 2003, na conferência Estadual de saúde. esta proposta foi de minha autoria com o apoio dos médicos, nutricionistas e psicologos que estavam lá e reforçaram. a proposta foi levada para a conferencia Nacional, onde foi tambem aprovada.

Em relação ao profissional de Educação Física estar preparado para trabalhar nesta área, acredito que esteja mais preparado que o médico, pois a nossa formação acredito eu, prepara mais para o trabalho com saúde que as outras profissões.

Por Guilherme Borges Pacheco Pereira
em 30-08-2009, às 21h35.

Como vemos a EF no PSF é muito nova, tão nova como as novas diretrizes curriculares de 2004. Acho que temos que aprender. Na minha instituição além das diciplinas Saúde Coletiva e Atividade Física e Saúde, implantamos a disciplina EF no PSF. Está faltando, mas está quase pronto, o estágio em postos de saúde. A EF vai aprender fazendo, como tod undo faz.

SDs

Guilherme

Por Braulio Nogueira de Oliveira
em 02-10-2009, às 23h56.

Enquanto estudante de Educação Física percebo a nível de graduação que nossa formação, assim como outras graduações, não preparam especificamente para atuação em unidades básicas de saúde. Existe sem dúvida a formação voltada para uma pespectiva de saúde mas em práticas puramente ultilitaristas, divergentes quanto aos princípios do SUS e atuações de maneira isolada, sem um cunho inter;multi;trandisciplinar. Acredito que a formação de profissionais do setor saúde em geral deve acontecer de maneira coletiva em alguns momentos e quebrar paradigmas e preconceitos que são inerentes à prática profissional. Dessa maneira os futuros profisionais poderiam entender a comunidade e o sujeito em um contexto integral, diminuindo o modelo clássico hospitalocêntrico, biologicista e medializante de "promover saúde", ampliando conceito de saúde e resolvendo alguns dos vários problemas existêntes nas comunidades.

Por Flávia Cristinados Santos Matos Silveira
em 20-11-2009, às 22h49.

Acredito que nenhuma categoria profissional esteja preparada para atuar no SUS, mas tudo faz parte de um processo que vem se desenvolvendo e amadurecendo. No caso da educação física temos muito a contribuir com a saúde coletiva na melhoria da qualidade de vida das pessoas numa perspectiva de torná-las mais autônomas em suas próprias vidas.Infelizmente a formação de muitos profissionais foi voltada para um modelo biomédico em que se aprende a olhar e tratar da doença e não do doente. Neste sentido, a saúde coletiva propicia para todas as categorias profissionais espaços que se trabalhe interdisciplinarmente ações de campo e núcleo e neste meio o profissional pode ampliar e significar mais suas ações, ampliar o olhar e o entendimento do conceito de saúde que está diretamente associado a determinantes sociais e com isso visualizar o sujeito como um todo e não em partes.

Por Geraldo Silveira
em 22-02-2010, às 23h36.

Caros Colegas, boa noite!

Para trabalhar com saúde também acredito que a Educação Física seja a área profissional mais preparada, do mesmo modo como vejo a Medicina, Fisioterapia, Odontologia como as profissões que mais entendem de doenças. A deficiência da Ed Física a meu ver está em uma grande maioria de Profissionais que leem pouco e os que praticamente não fazem leitura nenhuma, daí a insegurança.

Por Tatiana Coletto dos Anjos
em 23-05-2010, às 20h42.

Boa noite,

encaminho o link que trata do tema em questão...

estudei a formação em educação física sob o viés da atuação no nasf...

alguns resultados:

i) não há direcionamento dos cursos para o campo da saúde e os bachareis têm mais respaldo em saúde do que os licenciados; ii) predominam as disciplinas de abordagem curativa, prescritiva; iii) nenhuma das instituições possui o conjunto de disciplinas Saúde Coletiva, Saúde Pública e algumas não nem as contemplam; iv) o estágio no serviço público de saúde, na Atenção Básica, não é previsto em nenhuma instituição.

outras discussões estão no texto:

http://www.scielo.br/pdf/physis/v19n4/v19n4a12.pdf

abs,

tatiana

http://tatianjos.blogspot.com/

Por Flávia Cristinados Santos Matos Silveira
em 30-05-2010, às 21h59.

Oi Tati

Pois é. Vamos dar continuidade a esta luta.Só fui me identificar e descobrir de fato a importância da minha formação e atuação quando fui trabalhar na Secretaria de Estado da Saúde. A minha prática no serviço público contribuiu com um aprendizado bem mais amplo no que se refere ao conceito de saúde e à sua relação com os determinantes e as iniquidades sociais e a proposta da Reforma Sanitária é totalmente coerente com a perspectiva do nosso curso em formar cidadãos críticos e transformadores da sua realidade. Estou fazendo mestrado, no departamento de medicina, imagine, e com o desafio de discutir a formação do profissional de educação física e as práticas de integralidade do cuidado na saúde coletiva. Acho que este território ainda é muito desconhecido para muitos de nós profissionais da educação física, mas temos também essa responsabilidade em reverter a situação e abrir caminhos. Vou ler seu artigo. Vai ser muito bem vindo.

Um abraço.

Por Francisco Castro Nunes
em 31-05-2010, às 00h42.

Acredito que o Profissional de Educação Física moderno está preparado, tanto quanto ou mais que outros profissionais, para promover a saúde da população e combater hábitos prejudicias da vida moderna. A cada dia eleva-se os créditos do Exercicio como componente determinante para uma boa saúde e Qualidade de Vida do indivíduo.

Por Mercia do Socorro Diniz Souza Farias
em 28-04-2011, às 21h30.

Olá todos que participam deste debate, eu acredito que todos os comentarios são pertinentes, mas na verdade trabalhar com atenção básica realmente tem suas dificuldades para nós profissionais de educação física, pois quem não estar vivendo esta realidade fica com os achismos, mas na pratica do dia a dia encontramos dificuldades sim, acho tambem que realmente não só os profissionais de educação fisica como os outros da saúde não recebem informações suficcientes na graduação para trabalhar com atenção básica! mas temos que aproveitar o espaço aberto nesta área e buscarmos desenvolver  um bom trabalho em nossa área , procurando estar sempre consciente que trabalhar com atenção básica envolve a prevenção a promoção e a educação!

Abraço a todos Mércia Diniz S Farias

Por Eduardo dos Santos Vidal Silva
em 02-08-2011, às 11h50.

Pessoal estou realizando um trabalho sobre o educador físico no programa saúde da familia, na verdade quero falar sobre o nível de foprmação continuada do educador que trabalha nestes programas.

Gostaria de saber se vocês sabem onde posso encontrar referências sobre o assunto. Visto que é um tema novo e está dificil encontrar algo.

Fico no aguardo.

Abs.

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.